26 C
Contagem
quinta-feira, maio 30, 2024
HomeCadernosCidadeFechamento do comércio

Fechamento do comércio

Date:

Matérias Relacionadas

3ª edição do Arraiá de Contagem

Tradição Pula a fogueira que a festa vai começar! Entre...

Licenciamento ambiental

Conquista preservada Nos últimos três anos, a Prefeitura de Contagem...

Contagem firma parceria com Unifenas

Vagas de estágio O Serviço Social Autônomo de Contagem (SSA)...

Câmara Aberta recebe Funec em júri simulado

Um plenário transformado em tribunal e alunos em promotores,...

Deputado Miguel Ângelo assumiu a vice-liderança do PT na Câmara Federal

O deputado federal Miguel Ângelo (PT/MG), assumiu a importante...
Ir para Criarteweb

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, assinou no início da noite de quinta-feira, 19 de março de 2020, o Decreto 1.524, suspendo temporariamente, a partir de domingo, 22 de março, o funcionamento de:

I – casas de shows e espetáculos de qualquer natureza;
II – boates, danceterias, salões de dança;
III – casas de festas e eventos;
IV – feiras, exposições, congressos e seminários;
V – shoppings centers, centros de comércio e galerias de lojas;
VI – cinemas e teatros;
VII – clubes de serviço e de lazer;
VIII – academia, centro de ginástica e est. condicionamento físico;
IX – clínicas de estética e salões de beleza;
X – parques de diversão e parques temáticos;
XI – bares, restaurantes e lanchonetes;

XII – velórios públicos e privados.

O Decreto “Determina a suspensão temporária dos Alvarás de Localização e Funcionamento e autorizações emitidos para a realização de atividades com potencial de aglomeração de pessoas para enfrentamento da Situação de Emergência Pública causada pelo agente Coronavírus – Covid-19”.
Bares, restaurantes e lanchonetes que “tenham estrutura e logística adequadas” poderão oferecer o serviço de entrega em domicílio, bem como a retirada no local de alimentos prontos e embalados para consumo fora do estabelecimento, “desde que adotadas as medidas estabelecidas pelas autoridades de saúde de prevenção ao contágio e contenção da propagação de infecção viral relativa ao Coronavírus”.
O Decreto também prevê que o “funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres no interior de hotéis, pousadas e similares poderá ser mantido para atendimento exclusivo aos hóspedes.
Não serão suspensos o funcionamento de supermercados, farmácias, laboratórios, clínicas, hospitais e demais serviços de saúde, mesmo que seja no interior de shoppings, centros de comércio e galerias de lojas, “desde que adotadas as medidas estabelecidas pelas autoridades de saúde de prevenção ao contágio e contenção da propagação de infecção viral relativa ao Coronavírus”.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar