sexta-feira, 19 julho

    Lula vai fazer reforma ministerial

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    O presidente Lula tem sinalizado a aliados que pretende fazer uma reforma ministerial de forma casada com a eleições para as presidências da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, marcadas para o início de fevereiro de 2025.
    As negociações começariam já, sendo desenvolvidas no segundo semestre, para iniciar 2025 com novos ministros e novas ações. A ideia do petista, segundo auxiliares, é usar a reforma ministerial como moeda de troca com os partidos nas negociações para a escolha dos sucessores do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).
    No Palácio do Planalto, já é dado como certo, por exemplo, que Lula vai tirar o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, responsável pela articulação política do governo com o Legislativo.
    Após uma série de derrotas no Congresso, O Presidente Lula admite que precisa fazer mudanças na área, depois de seguidas derrotas do Executivo no Congresso Nacional. Lula não quer fazer a troca agora para não ceder à pressão do presidente da Câmara, Arthur Lira, que cobra há meses a demissão de Padilha.

    spot_imgspot_img