sexta-feira, 19 julho

    Transcon lança campanha “Nunca beba e dirija”

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    O ato de Beber e dirigir é um dos principais números de acidentes de trânsito no Brasil. Dados da Secretaria de Estado e Segurança Pública (Sejusp) apontam que, somente este ano, por dia, em Minas Gerais, existe uma média de cinco acidentes provocados por motoristas embriagados. De janeiro a março de 2024 foram 436 ocorrências por direção alcoolizada, número parecido com o mesmo período do ano passado, que teve seis a menos.
    Diante deste cenário, a Transcon realiza, durante o mês de junho, a campanha educativa “Nunca beba e dirija”. A iniciativa, que é prioritariamente digital, busca reforçar os perigos que a combinação de bebidas alcoólicas e direção traz para todos os usuários da via. A ideia é ampliar a discussão e desmistificar frases comuns, utilizadas por várias pessoas ao longo dos anos, para justificar a conduta irresponsável: “sempre bebi, dirigi e nunca aconteceu nada” ou até “dirijo melhor quando bebo”.

    Efeitos do álcool
    O efeito do álcool no corpo humano diminui a atividade do cérebro e, quanto mais ele é consumido, mais os reflexos das pessoas se tornam lentos, mais a coordenação motora apresenta dificuldade e mais a pessoa se torna sonolenta. Esta combinação de fatores é perigosa e, muitas vezes, fatal, principalmente quando combinada com a direção de um veículo.

    Infrações
    Dirigir sob a influência de álcool é crime. As consequências administrativas são multa no valor de R$ 2.934.70 e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por um período de 12 meses.

    spot_imgspot_img