25.9 C
Contagem
domingo, maio 26, 2024
HomeCadernosCidadePaciente morre e médico é detido

Paciente morre e médico é detido

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1232 24 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Obras na Avenida Maracanã

Uma obra estruturante As milhares de pessoas que passam todos...

Mais acessibilidade e inclusãox’

Facilidade de locomoção A Prefeitura investe para garantir a inclusão...

Aymoré e Arcor presenteiam a cidade

Comemorações O ano de 2024 é marcado por duas importantes...

Oncoclínicas inaugura unidade em Contagem

Considerado um dos maiores grupos de oncologia da América...
Ir para Criarteweb

Um médico de 51 anos foi levado a uma delegacia de Contagem, após a morte de um paciente de 72 anos na terça-feira 22 de outubro. O profissional é suspeito de ter recusado atendimento a um idoso na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ressaca. À Polícia Militar (PM), ele alegou que o local não tinha condições de receber pacientes em estado grave e que o homem precisava ser transferido.
O caso ocorreu pouco antes das 22h. Enfermeiros de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) contaram à PM que socorreram o paciente em casa, no Bairro Novo Progresso, com um quadro de insuficiência respiratória em estado crítico. Eles informaram a condição dele à central do Samu e foram orientados a levá-lo a unidade de saúde mais próxima.
A equipe acionou a central novamente para acionar uma Unidade de Suporte Avançado (USA), que conta com um médico responsável. Ele tentou falar com o colega da UPA ao telefone, mas ele não quis o diálogo, segundo os socorristas. A nova equipe saiu do Bairro Petrolândia e chegou ao Ressaca uma hora depois. O médico constatou a insuficiência do paciente e avaliou que o plantonista tinha que prestar socorro mesmo se ele precisasse de transferência. O estado de saúde do idoso piorou e eles precisaram fazer uma reanimação cardiopulmonar.
De acordo com a Polícia Militar, eles conseguiram uma vaga no Hospital Municipal de Contagem (HMC), mas o paciente morreu antes de dar entrada. Ainda de acordo com a polícia, consta no boletim de ocorrência que os enfermeiros disseram ter visto uma maca de urgência em um dos boxes que devia ser usada em casos específicos. A nora do idoso acompanhou todo o processo.
Apuração do caso – O secretário municipal de Saúde Cleber Faria Silva informou que a UPA Ressaca teve uma reforma a pouco tempo e está em condições para atender a população.Com relação a denúncia de deglicência médica ele disse que “a principio nós vamos ouvir todas as outras partes para poder tomar as medidas cabíveis necessárias resguardando principalmente todo o atendimento, tudo que é feito nos equipamentos de urgência, principalmente na UPA Ressaca, por que a nossa maneira de trabalhar e tudo aquilo que a gente vem acompanhando, se trata de um fato isolado dentro do contexto e que envolve um profissional que está na rede há muitos anos e está na UPA há muitos anos. Então nesse momento qualquer conclusão da minha parte seria no mínimo um pouco precipitada.
“Nós podemos num primeiro momento, até para resguardar, buscar junto à corregedoria informações para poder afastar, a sindicância vai ser aberta imediatamente junto com a regulação, junto com o profissional médico. O URT médico da UPA vai ter que fazer um comunicado junto ao CRM, para também ter apuração tendo em vista o episódio, a seriedade e a gravidade do que ocorreu, fanalizou o secretário.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar