20.1 C
Contagem
sexta-feira, maio 17, 2024
HomeCadernosEducaçãoMedalha de ouro

Medalha de ouro

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1231 17 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1231 do Jornal de Contagem Pop Noticias

Adriana Mascarenhas para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

A vida nunca prometeu glamour para Adriana Mascarenhas. Aos...

Câmara inaugura usina fotovoltaica

A Câmara de Contagem concluiu neste mês a instalação...

Teletrabalho no governo de Minas

Recuperação estrutural Os cerca de 8 mil servidores que trabalham...

Transcon aposta em ação inusitada

Conscientização Para a campanha do Maio Amarelo 2024, a Transcon...
Ir para Criarteweb

Estudantes da unidade de Contagem do Colégio Santo Agostinho conquistaram medalha de ouro na 11ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que foi realizada no último fim de semana, dias 17 e 18 de agosto, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A olimpíada teve início em maio com a participação de 18,5 mil equipes e um total de 73 mil inscritos.
A equipe, que recebeu o nome de “Ativistas Universais”, é formada pelos alunos Ana Carolina Gripp do Carmo, Ana Luiza Reis Silva e Lucas Almeida Brandão, da 3ª série do Ensino Médio, juntamente com o professor de História, Robinson Alves.
Para conquistar a vaga para a última fase da Olimpíada, os estudantes precisavam construir uma breve biografia de um personagem de relevância regional, que a história dos tradicionais currículos escolares não contemplaria e que fosse um “excluído da história”, apesar da grande importância local. Eles escolheram o benzedor Mário Braz da Luz, de 86 anos, patriarca da Comunidade quilombola dos Arturos, em Contagem.
A final contou com a participação de 314 equipes e 1,2 mil convocados de todos os estados brasileiros. Foram entregues 15 medalhas de ouro, 25 de prata e 35 de bronze. Minas Gerais recebeu duas medalhas de ouro.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar