24.4 C
Contagem
quinta-feira, junho 13, 2024
HomeCadernosCidadeCombate a Febre Maculosa

Combate a Febre Maculosa

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

A Prefeitura de Contagem constituiu uma força tarefa para combater o vetor da febre maculosa, o carrapato-estrela. Na segunda-feira (3), foi realizada uma coletiva de imprensa, no auditório da Prefeitura, quando foram divulgados detalhes sobre os casos que vitimaram moradores da Vila Boa Vista, na divisa com a região da Pampulha, em Belo Horizonte.
Até essa quinta-feira, (06), 33 casos de febre maculosa foram notificados em Contagem. Entre as 33 notificações, quatro mortes, sendo três confirmadas pela doença e uma em investigação.
O último caso notificado foi na quarta-feira, (5). É de um morador do bairro Eldorado, que procurou atendimento, alegando ter tido contato com o carrapato em Betim.
Essa é a primeira notificação em Contagem fora da área quente de atuação, onde 128 pessoas entraram em um terreno para fazer o cercamento.
Na manhã desta quinta-feira (6), o coordenador do programa de manejo das capivaras de BH visitou a área quente em Contagem para orientar o município quais medidas adotar para capturar as capivaras.
Entre as outras medidas adotadas está a limpeza de toda a área onde foram encontrados os focos dos carrapatos. Cerca de 20 homens estão no terreno de 8 hectares com maquinário, revirando a terra e aplicando cal. A cal aumenta a acidez do solo e mata os carrapatos. É uma medida de baixo impacto ambiental.
Recolhimento dos cavalos sem dono na região. Até a manhã dessa quinta-feira (6), nove animais foram recolhidos. Eles receberem banhos de carrapaticida – são necessários quatro banhos, num período de 28 dias.
Funcionários da Secretaria de Saúde pulverizaram carrapaticida na região e nas casas próximas.
A princípio, Contagem deve capturar as capivaras, realizar a vermifugação e colocar chips nos animais.
A Defesa Civil isolou a rua por cerca de um quilômetro e todos que entram no local devem fazer um cadastro. O motivo é controlar o fluxo de pessoas e evitar que mais gente fique exposta aos riscos.


A doença – A médica infectologista da Secretaria de Saúde, Tânia Marcial, ressalta que a doença se manifesta repentinamente e os sintomas podem ser confundidos com a dengue. “Febre alta, dor de cabeça, dor muscular, enjoo, manchas na pele. Por isso, é importante o histórico. A pessoa deve informar ao médico se esteve em algum lugar de risco (curral, parque ecológico, etc.)”, apontou Tânia Marcial.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar