20 C
Contagem
sexta-feira, junho 14, 2024
HomeCadernosGeralArtesanato mineiro

Artesanato mineiro

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

O Dia Nacional do Artesão, celebrado neste dia 19 de março, contou com uma comemoração especial para dona Cecília Matias do Carmo Ferreira. A artesã, de 80 anos, nascida e criada em Ouro Preto e conhecida pelo seu trabalho manual de ponto de arraiolo, recebeu das mãos do governador Fernando Pimentel a sua Carteira Nacional do Artesão. A visita do governador ao ateliê de Dona Cecília reforça a política de valorização do artesanato em Minas Gerais desenvolvida em sua gestão.

Crédito: carlos Alberto/Imprenda MG
Local: Ouro Preto- Artesanato Arraiolo- Rua João XXIII , 64 Bairro São Cristovão

O documento regulamenta a atividade artesanal e possibilita que o trabalhador tenha acesso a aulas de capacitação, feiras e eventos ligados ao artesanato. Ele ainda permite a compra de matérias-primas e insumos para a produção com descontos em estabelecimentos conveniados. A Carteira Nacional do Artesão foi criada em 2012 pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
Valorização – Com 56 anos de experiência na produção de tapetes, colchas e demais produtos artesanais com os chamados pontos de arraiolo, dona Cecília se tornou referência em Ouro Preto nessa técnica secular, característica da vila de Arraiolos, no Alentejo, em Portugal. A artesã vende seu produto nas feiras e lojas de Ouro Preto, além de participar de exposições em outras cidades.
Dona Cecília já teve seu trabalho vendido para turistas de diversas regiões do país e até fora dele.

Fiquei muito feliz com a visita do governador aqui, foi uma honra. Essa carteira significa muito para a gente, que somos pessoas trabalhadoras. Agora todo mundo pode ver que o nosso serviço é garantido, que sou eu mesma quem faço. É tudo feito à mão. Isso dá muito mais valor ao nosso trabalho. Tem trabalho que dura oito, nove meses para terminar. É feito ponto por ponto, contou.

O secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo, e o prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta, também acompanharam o governado na visita.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar