15.9 C
Contagem
domingo, junho 16, 2024
HomeCadernosGeralNíveis de metais

Níveis de metais

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

Atualmente é comum o uso de bijuterias que contém cádmio e chumbo. No entanto, a exposição contínua a concentrações altas desses metais pode causar riscos à saúde humana.

Devido à gravidade do assunto, o Ministério Público do Estado de Minas Gerais recomenda
que os empresários do comércio sejam informados sobre a quantidade permitida de chumbo
e cádmio nas bijuterias vendidas no Estado, conforme ofício encaminhado pelo órgão à Fecomércio MG.

O governo criou uma normatização que prevê aos fabricantes e importadores de bijuterias informar sobre a presença e a quantidade desses metais pesados nos produtos. O prazo de adequação às regras, já em vigor, começa em 2019 para a indústria e em 2021 para o comércio.

A Portaria n° 43/2016 do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), proíbe a comercialização no país de bijuterias e joias com concentração de cádmio igual ou superior a 0,01%, e de chumbo igual ou superior a 0,03% de metal presente em cada produto analisado. Os fabricantes e importadores que não observarem os limites de concentração desses metais em suas mercadorias estarão sujeitos às penalidades previstas na lei, cuja multa pode chegar a R$ 500 mil a partir do término do prazo de adequação à norma.

Riscos de contaminação – A exposição em longo prazo ao cádmio pode contribuir para o desenvolvimento do câncer, além de afetar as funções renais e hepáticas. A atenção aumenta em relação às crianças, potencializando o grau de contaminação. Outro motivo de alerta é o descarte desse tipo de material no solo. Em grandes quantidades, ele pode causar contaminação, levando a doenças e ameaçando a fauna e a flora.

Últimas Matérias

spot_img
Artigo Anterior
Próximo Artigo
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar