20.1 C
Contagem
sexta-feira, maio 17, 2024
HomeCadernosSaúdePartos humanizados transformam vidas no Centro Materno Infantil

Partos humanizados transformam vidas no Centro Materno Infantil

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1231 17 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1231 do Jornal de Contagem Pop Noticias

Adriana Mascarenhas para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

A vida nunca prometeu glamour para Adriana Mascarenhas. Aos...

Câmara inaugura usina fotovoltaica

A Câmara de Contagem concluiu neste mês a instalação...

Teletrabalho no governo de Minas

Recuperação estrutural Os cerca de 8 mil servidores que trabalham...

Transcon aposta em ação inusitada

Conscientização Para a campanha do Maio Amarelo 2024, a Transcon...
Ir para Criarteweb

Gerar uma nova vida é algo sublime que, aos poucos, vai transformando a vida da mulher e das pessoas no entorno. São horas, dias e meses que vão se passando, enquanto um pequeno ser vai se formando no ventre. Todas as dúvidas, a ansiedade e a expectativa por, finalmente, ter o bebê nos braços merece ser coroada com um parto tranquilo, seguro e humanizado. É nesse sentido que a atuação das doulas no Centro Materno Infantil (CMI) faz toda a diferença.
Inserido no contexto do CMI desde 2006, o Projeto “Doulas de Contagem” tem como objetivo oferecer apoio, proteção e a tranquilidade que as parturientes (quem está em trabalho de parto ou que acabou de parir) precisam no momento que aguardam a chegada dos seus bebês, uma forma de ampliar o suporte já oferecido pelas equipes multiprofissionais que atuam na maternidade. Na prática, o conhecimento e a experiência que elas têm no acompanhamento dos partos são um alento para as mães, contribuindo para tornar o momento mais seguro, harmônico e inesquecível.

Partos normais e cesáreos

Os impactos da ação das doulas e demais ações de humanização não refletem apenas na satisfação das mães, mas também em uma mudança de consciência sobre o parto em si. O CMI é referência em parto humanizado, tanto pela qualidade dos serviços prestados quanto por manter as menores taxas de cesáreas da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em 2023, o percentual de partos cesáreos foi de 31% em relação ao total realizado, abaixo do limite estabelecido para a unidade (35%) e muito inferior à média nacional (43%) em 2021, segundo dados da Organização Pan-americana da Saúde.

Últimas Matérias

spot_img

DEIXE SUA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar