20.1 C
Contagem
sexta-feira, maio 17, 2024
HomeColunasEditorialEntão é Natal...

Então é Natal…

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1231 17 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1231 do Jornal de Contagem Pop Noticias

Adriana Mascarenhas para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

A vida nunca prometeu glamour para Adriana Mascarenhas. Aos...

Câmara inaugura usina fotovoltaica

A Câmara de Contagem concluiu neste mês a instalação...

Teletrabalho no governo de Minas

Recuperação estrutural Os cerca de 8 mil servidores que trabalham...

Transcon aposta em ação inusitada

Conscientização Para a campanha do Maio Amarelo 2024, a Transcon...
Ir para Criarteweb

Há quem busque, no Natal, mensagens diferenciadas para cumprimentar os amigos, os clientes, os familiares, mas não abre mão da ceia, da troca de presentes, dos enfeites coloridos e iluminados, da cor vermelha, do panetone, enfim, de tudo aquilo que é mais tradicional nesta festa cristã. Neste espaço, ocupado ao longo do ano, basicamente com propostas de ações cidadãs, também há o desejo de mudança, de mensagem diferente. Anseia-se especialmente por boa notícia. Até que se conclua que a melhor delas é ser tradicional.

Assim, no momento em que as luzes são acesas com festa e estardalhaço em diversos pontos da cidade, que ao brilho delas se junta o dos flash’s das máquinas fotográficas e dos celulares, essa claridade permite ver em detalhes as árvores, os presépios, os papais noéis, perceber que a cidade se vestiu de vermelho e os corais, de meninos, jovens, adultos e da terceira idade cantam e anunciam: É Natal!

Este clima natalino contagiante faz com que as casas fiquem mais iluminadas, mais coloridas, as lojas acolham os motivos natalinos em suas vitrines, a publicidade cumpra seu papel de levar as pessoas à troca de presentes e, acima dos velhos mitos modernos, que se possa parar um pouco para refletir sobre um sentido celestial que confere conteúdo, santidade e beleza a tudo que verdadeiramente representa o Natal de Jesus.

O verdadeiro sentido do Natal só se concretiza quando o coração e a mente estão abertos para o que não se vê, não se toca, mas acontece dentro de nós. Celebrar verdadeiramente o Natal é reviver concretamente a alegria daquela noite esplendorosa que teve como cenário a simplicidade de uma manjedoura, em um estábulo, único lugar em que José e Maria encontraram para acolher o Filho de Deus, esperado como rei cheio de glória. Deus quis chegar de mansinho, em surdina, na simplicidade, como qualquer um de nós, portanto, vamos viver agora as alegrias da Noite de Natal! Maria e José pedem um lugar nesta casa para que Jesus possa nascer. Façamos do nosso coração a manjedoura que acolheu Jesus naquela noite e cantemos com alegria a glória do Deus que veio para nos salvar: Noite feliz… e Feliz Natal!

Últimas Matérias

spot_img
Artigo Anterior
Próximo Artigo
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar