26 C
Contagem
quinta-feira, maio 30, 2024
HomeCadernosCidadeMarília adota postura firme para recolocar a cidade nos trilhos do...

Marília adota postura firme para recolocar a cidade nos trilhos do desenvolvimento

Date:

Matérias Relacionadas

3ª edição do Arraiá de Contagem

Tradição Pula a fogueira que a festa vai começar! Entre...

Licenciamento ambiental

Conquista preservada Nos últimos três anos, a Prefeitura de Contagem...

Contagem firma parceria com Unifenas

Vagas de estágio O Serviço Social Autônomo de Contagem (SSA)...

Câmara Aberta recebe Funec em júri simulado

Um plenário transformado em tribunal e alunos em promotores,...

Deputado Miguel Ângelo assumiu a vice-liderança do PT na Câmara Federal

O deputado federal Miguel Ângelo (PT/MG), assumiu a importante...
Ir para Criarteweb

Nestes 110 anos de emancipação política e administrativa, Contagem segue em frente com muitas obras, projetos, programas e políticas públicas em andamento. Em entrevista com a prefeita de Contagem, Marília Campos, ela contou ao Jornal de Contagem Pop Notícias as principais ações de sua gestão em meio a crise sanitária provocada pela Covid-19.
Marília vem adotando uma postura firme, segura, determinada e de muito diálogo com a população, os diversos segmentos e lideranças, a Câmara Municipal, governos federal e estadual, deputados e prefeitos da Grande BH para recolocar Contagem nos trilhos do desenvolvimento. A Chefe do Poder Executivo explicou sobre o andamento da vacinação na cidade, a retomada das aulas presenciais, as obras em andamento, a geração de emprego e renda e as principais ações desenvolvidas para superar a pandemia. Segundo Marília, para arrumar a casa e promover o equilíbrio financeiro da cidade teve que rever contratos e projetos e também negociar para retomada das obras paradas que foram herdadas pela sua gestão. Ela também executou uma importante intervenção na saúde para melhorar o atendimento das unidades de urgência e emergência (Hospital Municipal, Centro Materno Infantil, Upas e Hospital de Campanha contra Covid-19). E conseguiu dar descontos no IPTU residencial e comercial, além de promover um programa de regularização tributária. Também enviou um projeto à Câmara Municipal para implantar a justiça tributária no município.
Nestes primeiros meses de mandato, muito já foi feito. Mas Marília diz que ainda há muito a se fazer. O seu governo é do diálogo e vai continuar trabalhando com todos e todas para dar as soluções que a cidade precisa, fomentar a geração de emprego e renda, combater os índices de pobreza e reduzir os impactos da pandemia.

Nestes primeiros meses de trabalho, quais foram as principais ações realizadas pelo seu governo para melhorar a qualidade de vida da população e promover o desenvolvimento da cidade?
Temos feito um grande esforço para “arrumar a casa” e promover o equilíbrio financeiro, até mesmo pelas limitações impostas pela pandemia. O meu governo tem sido de diálogo constante com a população, como também com os setores produtivos para garantir o desenvolvimento da cidade e a geração de emprego e renda em meio a crise sanitária da Covid-19. Neste primeiros meses de trabalho, tivemos várias conquistas importantes, principalmente no que diz respeito às medidas emergenciais.
Em Contagem, a nossa prioridade é dar continuidade às obras que estavam paradas para garantir os investimentos. A segunda prioridade é garantir o fortalecimento da saúde. Pretendemos investir na atenção básica, inclusive para tirar a sobrecarga da área hospitalar, na área de urgência e emergência. Também é nossa prioridade investir no fortalecimento da atividade econômica do município.
A gente retomou os investimentos e obras que estavam paradas e estamos trabalhando para gerar emprego e renda para quem é da cidade. Na saúde, estamos ampliando a vacinação, já retomamos as aulas presenciais de forma gradual, facultativa e segura. Garantimos também o Vale Merenda para os estudantes matriculados em nossa Rede Municipal de Ensino e estamos promovendo campanhas para a arrecadar cestas básicas e distribuir às pessoas e famílias em vulnerabilidade social cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social – Cras. Ampliamos as equipes para manutenção e capina na cidade. Conquistamos, por meio de nossa articulação junto ao governo do Estado e a Prefeitura de Belo Horizonte, recursos para a continuidade das obras de macrodrenagem que vão reduzir os alagamentos aqui em Contagem e em Belo Horizonte, inclusive na avenida Tereza Cristina. E conseguimos promover uma redução no valor do IPTU residencial e comercial deste ano, ajudando os contribuintes de Contagem a ficarem em dia com com o município. Lançamos o Pró-Contagem, programa que permite o parcelamento em até 60 meses de dívidas, retirando as multas, juros e a correção monetária. Temos trabalhado muito!

O seu governo tem priorizado o diálogo para enfrentar a pandemia e garantir as ações de desenvolvimento para a cidade. Como a senhora tem realizado isso?
A nossa proposta é administrar a cidade ouvindo de perto a população. Desde o primeiro dia de nosso governo tivemos esta atitude de ouvir as pessoas e entender as suas dificuldades diante da crise sanitária provocada pela pandemia da Covid-19. Aí tivemos a ideia de implantar a Campanha “Pacto pela Vida”, ouvindo as pessoas e os segmentos, como empresários, comerciantes, entidades filantrópicas, lideranças comunitárias, religiosas, políticas, dentre outros. Criamos uma agenda positiva para o município, com o envolvimento de todos e todas para que, juntos, superarmos os impactos provocados pela pandemia.
Conseguimos estabelecer os protocolos e, na hora que tivemos que ser mais rigorosos, com o coronavírus avançando e os dados epidemiológicos subindo, também fomos.
Assim que a população começou a ser vacinada e conseguimos controlar os índices epidemiológicos flexibilizamos a abertura das atividades econômicas, com a publicação de vários decretos e protocolos.
Paralelo a isso, para dar continuidade às obras que estavam paradas, negociamos com as empresas e fizemos a revisão de contratos. Formamos as Comissões de Acompanhamento de Obras, os Conselhos Regionais e os Núcleos de Proteção e Defesa Civil e reativamos os conselhos municipais em diversas áreas, como educação, meio ambiente e outras. Todas as nossas ações são baseadas no diálogo e na construção conjunta com as pessoas e seus respectivos segmentos.

Como anda o processo de imunização no município de Contagem? Já podemos considerar os índices epidemiológicos sob controle? Quais as ações desenvolvidas na saúde?
Ainda estamos vivendo a pandemia e não podemos relaxar. Hoje, aqui em Contagem, com a vacina que está chegando, estamos conseguindo acelerar o processo de imunização e garantir a vida das pessoas. A vacinação está indo bem! A gente já vacinou mais de 50% da nossa população com a primeira dose. Esses dados ampliam para 70% se considerarmos a população acima de 18 anos, o que representa em torno de 348 mil 245 pessoas.
Com isso, as pessoas estão adoecendo menos e morrendo menos. Neste processo todo vale também o cuidado que devemos ter. Tudo isso é importante para garantir a vida, não só a nossa, mas também daqueles que convivem com a gente.
Paralelo a isso, contratamos mais profissionais de saúde e estamos com nossas equipes de atenção básica quase todas completas. Para melhorar o atendimento nas nossas redes de urgência e emergência, a gente fez uma importante intervenção na saúde e assumimos a gestão.
Antes o Hospital Municipal, o Centro Materno Infantil, as Upas e o Hospital de Campanha contra Covid-19 eram administrados pelo Instituto de Gestão e Humanização – IGH. Recebemos muitas reclamações dos profissionais de saúde e também dos usuários sobre o atendimento. Mesmo com a Prefeitura repassando em dia os recursos para o IGH, os salários dos médicos estavam em atraso, assim como o pagamento de fornecedores. Faltavam insumos. Mas, agora com a intervenção já estamos regularizando isso.
Estamos organizando também as consultas especializadas e vamos fazer mutirões para reduzir a fila de espera das consultas. E entregaremos agora no aniversário da cidade, a nova sede do Centro de Consultas Especializadas – CCE Iria Diniz.

O retorno às aulas presenciais estava sendo muito esperado pelas famílias aqui de Contagem. Como está? A comunidade escolar pode ficar tranquila em deixar os filhos ir para a escola mesmo com a pandemia ainda em curso?
Neste momento em que os dados epidemiológicos começam a mostrar o controle da pandemia em nossa cidade, estamos retomando de forma gradual, facultativa e segura as aulas presenciais. Já voltamos com as atividades dos alunos e alunas da Educação Infantil de zero a 5 anos nos Centros de Educação Infantil – Cemeis. Estamos cumprindo um cronograma que foi construído junto com a comunidade escolar, com protocolos sanitários, e fizemos um planejamento para esta retomada.
Estamos realizando o ensino híbrido, em que o pai e a mãe podem escolher se desejam ou não que o filho estude na escola ou em casa. Eu tive a oportunidade de visitar as escolas no primeiro dia de aula. As encontrei bem estruturadas, bem equipadas, todos os protocolos sendo seguidos criteriosamente, com distanciamento social. Fizemos investimentos de mais de R$ 73 milhões para este retorno e voltamos às atividades presenciais com zelo e com cuidado.

Quais os investimentos em obras que existem hoje?
Temos mais de R$ 500 milhões sendo investidos por toda a cidade em obras de mobilidade urbana, infraestrutura, macrodrenagem e sociais (educação, saúde, social, esporte, cultura, dentre outros). Estes investimentos estão ajudando no desenvolvimento socioeconômico de Contagem e gerando empregos para a nossa população, o que considero muito importante. As vagas, estamos solicitando às empresas para que divulguem no Sine Contagem e que deem oportunidades para quem mora na cidade.
São muitas obras em andamento, que estão gerando empregos para as pessoas aqui de Contagem. Para se informar, basta acessar o nosso site ou procurar a Administração Regional, que tem as informações de tudo que está sendo feito em cada território.
Como estão sendo tratadas as obras que foram abandonadas pela administração anterior, inclusive algumas ligadas ao SIM?
Estamos trabalhando com planejamento. Realizamos diagnósticos para a execução das obras prioritárias para a população. Só assim, poderemos traçar metas. Negociamos com as empresas as obras paradas que herdamos, que não são um problema da nossa gestão. A gente está fazendo de tudo para que a obra da Estação de Integração, na avenida João César de Oliveira, por exemplo, volte a todo vapor, como também da avenida Maracanã, uma obra de saneamento e mobilidade muito importante para Contagem. A empresa que estava cuidando destas obras está com dificuldades e desistiu de executar as obras. Mas estamos tomando todas as medidas cabíveis para que sejam retomadas o mais rápido possível.

Quais os projetos para ampliar a geração de trabalho e renda neste momento de pandemia?
Queremos ampliar as oportunidades de trabalho para os contagenses e as contagenses. Esse é um dos focos do nosso governo: desenvolvimento econômico sustentável e mais emprego e renda para a população. Temos nos dedicado para retomar a vocação industrial de Contagem, e assim, ampliar as vagas. Por isso, parcerias estão sendo realizadas com entidades e estamos atraindo novas empresas e indústrias para o município. Além de valorizar os setores de serviços e comércio, que são importantes vetores da nossa economia
Uma de nossas propostas é estimular a economia local, por meio das feiras da Economia Solidária. A gente quer levá-las para vários pontos da cidade. A feira se enquadra nesse planejamento, que está sendo feito de forma organizada e que ajudará muitas famílias em Contagem.

Que mensagem gostaria de deixar para os contagenses, neste momento em que a cidade comemora 110 anos de emancipação político-administrativa e enfrenta uma pandemia? O que Contagem pode esperar no futuro?
Estamos trabalhando muito para ver a nossa população feliz de novo. Nesta perspectiva, estamos desenvolvendo políticas públicas para retomar o crescimento da cidade. Temos envidado esforços para cumprir o nosso compromisso com a população, visando sempre os interesses de Contagem. É importante que as pessoas saibam que temos grandes e ousados projetos, que vislumbram novos tempos. Estamos enfrentando o desafio de melhorar a saúde, de oferecer uma educação de qualidade para os nossos jovens e uma Contagem mais humana e com justiça social. Dessa forma, iremos em frente. Vamos trabalhar como nunca para potencializar a vocação industrial do município. Parabenizamos a todos e todas pelos 110 anos de Contagem e juntos vamos construir uma cidade cada vez melhor, bonita, bem cuidada, com qualidade de vida e dignidade para as pessoas.

Últimas Matérias

spot_img
Artigo Anterior
Próximo Artigo
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar