15.9 C
Contagem
domingo, junho 16, 2024
HomeCadernosCidadehomenagem a Pedro Aleixo

homenagem a Pedro Aleixo

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) e a comarca de Contagem prestaram homenagem na última segunda-feira, 12 de agosto, ao ex-presidente Pedro Aleixo, que dá nome ao fórum local.
Na solenidade, que contou com a presença do desembargador Pedro Aleixo Neto, representando o presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias de Morais, e do diretor do Foro, juiz Artur Bernardes Lopes, foi inaugurado um letreiro com o nome do ex-presidente.
O desembargador Pedro Aleixo Neto fez uma breve retrospectiva da vida do homenageado. Ao falar da honra em ter o nome de seu avô gravado e nominando o Fórum de Contagem, o desembargador ressaltou, em seu discurso de agradecimento, que “esta tarde ficará marcada em nossos corações”.
O magistrado fez uma breve retrospectiva da vida do homenageado que, por ocasião do golpe militar de 1964, foi vice-presidente do País e impedido de suceder ao presidente Arthur da Costa e Silva, vitimado por um acidente vascular cerebral.
Posteriormente, ele foi reconhecido como ex-presidente pela Lei 12.486, de 12 de setembro de 2011.

O homenageado

Nascido em 1º de agosto de 1901, no distrito de Bandeirantes, em Mariana, Aleixo foi político, advogado, professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e jornalista. Foi conselheiro municipal – cargo correspondente ao de vereador – de Belo Horizonte (1927-1930), deputado estadual (1947-1950) e federal (1958-1962).

Exerceu os cargos de presidente da Câmara dos Deputados (1937), de secretário de estado (1947-1950), de ministro da Educação e Cultura no governo Castelo Branco (1966) e de vice-presidente da República (1967-1969).

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar