15.9 C
Contagem
domingo, junho 16, 2024
HomeCadernosCidadeCombate à violência

Combate à violência

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

Redução da criminalidade em 29,56%Mais uma vez, a Prefeitura de Contagem sai na frente no quesito tecnologia. E desta vez para impulsionar ações relacionadas à Justiça e Segurança Pública. Na quarta-feira, 5 de dezembro, o prefeito Alex de Freitas se reuniu com o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias, para o debate de parcerias com a Coordenadoria de Infância e Juventude e Vara de Execuções penais, com a proposta de garantir mais segurança à população contagense.
“Apesar de sabermos que Segurança Pública é responsabilidade atribuída ao Estado, as melhorias em Contagem estão entre nossas prioridades e estaremos sempre lutando por parcerias que possam melhorar essa questão, principalmente nos tempos atuais em que enfrentamos uma das piores crises financeiras da história”, afirma Alex de Freitas, manifestando receptividade aos projetos apresentados na reunião.
Botão do pânico – Uma das propostas, segundo o presidente do TJMG, se espelha na experiência bem-sucedida do Estado do Espírito Santo quanto ao chamado “botão do pânico”. A tecnologia foi introduzida na capital capixaba em 2013. Com um aparelho em mãos, as mulheres atendidas por medidas protetivas podem acionar o dispositivo toda vez que se sentirem ameaçadas pelo agressor. O alerta chega diretamente à Guarda Civil Municipal, com a proposta de conter a violência doméstica.
“Nossa ideia é que, pelo relacionamento que temos com a atual gestão em Contagem, possa ser o primeiro Município a testar a tecnologia em Minas. Queremos distribuir indistintamente, com a ressalva de que aqueles que puderem custear o dispositivo o façam para não onerar o Governo”, destaca Nelson Missias.

Redução da criminalidade em 29,56%

Durante a reunião, o prefeito de Contagem relatou aos membros do TJMG todas as medidas preventivas, principalmente na área da Educação, que o Município vem executando para diminuir a criminalidade. “Por mais que tenhamos registrado diminuição da criminalidade de 29,56% em 2017 e tirado nota máxima na auditoria do Tribunal de Contas do Estado no quesito Proteção das Cidades, sabemos que é junto às nossas crianças e aos nossos jovens que devemos investir mais”, avalia Alex.
Os representantes do TJMG concordam com o prefeito e propuseram um convênio para a implementação de um Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA) em Contagem. Trata-se de um trabalho conjunto entre a Secretaria Municipal de Defesa Social, a Vara Infracional da Infância e Juventude, a Promotoria da Infância e Juventude (MPMG), a Subsecretaria Estadual de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase) e as polícias Militar e Civil.
Para encaminhar as tratativas, a desembargadora Valéria Queiroz propôs que os setores de engenharia da Prefeitura e do Estado iniciem as conversas do ponto de vista logístico e administrativo.
Nova Vara – Para fechar a reunião, mais uma ótima notícia. O presidente do TJMG anunciou o compromisso de implantar em Contagem uma Vara Infracional da Infância e da Juventude. “É a única Vara que temos certeza que vamos instalar. Mas antes disso vamos intensificar o trabalho, uma força tarefa dos juízes”, finaliza.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar