20.9 C
Contagem
quinta-feira, junho 13, 2024
HomeCadernosCidadeCozinha Inteligente

Cozinha Inteligente

Date:

Matérias Relacionadas

Nova direção do SAMU Contagem

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de...

12 de junho dia dos namorados

No resto do mundo, a data oficial dos apaixonados...

3ª edição do Arraiá de Contagem

Tradição Pula a fogueira que a festa vai começar! Entre...

Licenciamento ambiental

Conquista preservada Nos últimos três anos, a Prefeitura de Contagem...

Contagem firma parceria com Unifenas

Vagas de estágio O Serviço Social Autônomo de Contagem (SSA)...
Ir para Criarteweb

O curso Cozinha Inteligente, direcionado às pessoas de baixa renda vai formar mais 60 pessoas, ao final da terceira edição, com capacidade para atender às atuais exigências do mercado culinário, onde cada vez mais a qualidade e o rigor na produção alimentícia se tornam requisitos. A qualificação, que é pioneira em Minas Gerais, abre novas oportunidades de formação para o trabalho e a geração de renda.
O Curso, que é uma parceria entre o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Serviço Social do Comércio (Sesc), é realizado na cozinha experimental do Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), no bairro Esplanada, em Belo Horizonte, o curso Cozinha Inteligente é ministrado gratuitamente.

Além de aprender a cozinhar, os alunos receberão aulas teóricas sobre empreendedorismo e práticas, com carga total de 272 horas – o equivalente a aproximadamente três meses de duração, divididas em quatro módulos, ministradas de segunda a sexta-feira das 8h às 12h.

Gastronomia em expansão – De acordo com o diretor de Investimento Social do Servas, Rodrigo Fernandes, o órgão é pensado para transformar a vida das pessoas em médio prazo, trabalhando a assistência social no estado e a capacitação para inclusão sócio produtiva no mercado.
“A gastronomia mineira vem dando saltos de crescimento. A ideia de construir o projeto foi desenvolver o pioneirismo na área no estado. O diferencial é formar um profissional que vai atuar em uma dupla função, com a inovação de unir esses dois potenciais, o de melhor aproveitamento de alimentos e a preservação do meio ambiente”, diz Fernandes.
Para a analista ambiental do Sesc e professora do módulo de Gerenciamento de Resíduos e Sustentabilidade, que integra o Cozinha Inteligente, Raquel Chobanian, o mercado será beneficiado com a competiti- vidade do diferencial deste profissional que irá contribuir para o melhor desempenho do negócio no qual estará trabalhando.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar