Estudantes encaram o Enem

0
588

Nos dias 24 e 25 deste mês, cerca de 8 milhões de estudantes brasileiros – além de familiares, educadores e amigos – estarão envolvidos com a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O resultado das provas abre oportunidades de acesso à Educação Superior pública e particular e à Educação Profissional e Tecnológica. Os inscritos de todo o País são esperados para participar da edição de 2015 do exame, que permite ainda a certificação do Ensino Médio.

A nota do exame passou, em 2004, a ser critério de participação dos candidatos a bolsas de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni). O Enem teve 1,5 milhão de inscritos.

Sisu – A maior mudança aconteceu em 2009, quando o Ministério da Educação criou o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Passou a ser adotada pelo Enem a teoria de resposta ao item. Além de estimar as dificuldades dos itens e a proficiência dos participantes, essa metodologia permite que os itens de diferentes edições do exame sejam posicionados em uma mesma escala. Foram registrados 4,1 milhões de inscritos naquele ano.

A partir de 2013, os milhões de participantes puderam usar a nota do Enem para concorrer a bolsas de estudos do programa Ciência sem Fronteiras. E em 2014 foi registrado o recorde no número de inscritos: mais 8,7 milhões de candidatos.

Provas – Os participantes farão quatro provas objetivas, sendo cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma prova de redação. No sábado, 24 de outubro, serão realizadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos, contadas a partir da autorização do aplicador. No domingo, 25, será a vez de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos.

Considerado, sempre, o horário oficial de Brasília, a aplicação das provas começará às 13h30. Os candidatos terão acesso aos locais de prova a partir das 12h. Os portões serão fechados às 13h, em todas as unidades da Federação.