segunda-feira, 22 julho

    Ouvidoria visita feira

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Pela terceira vez neste ano, a Ouvidoria da Câmara Municipal de Contagem esteve na Feira do Eldorado, em mais uma ação que busca a aproximação do Legislativo com o cidadão. Realizada no primeiro sábado de cada mês, o “Ouvidoria na Feira” tem o objetivo de prestar informações, receber reclamações, demandas, elogios e sugestões sobre diversos assuntos ligados ao dia a dia do cidadão e sua relação com os serviços públicos.
    Dentre as manifestações registradas pela equipe da Câmara no sábado (05/05), destacaram-se reclamações dos feirantes, sobretudo aqueles que trabalham há muitos anos na Feira, sobre a decisão da Prefeitura de Contagem de realizar licitação para ocupação do local e sobre a falta de informação sobre o processo.
    A feirante Maria das Graças Ferreira demonstrou descontentamento e preocupação com o fato de ter que passar pelo processo licitatório.

    É um absurdo eu passar por licitação, sendo que fui uma das cinco primeiras barracas da Feira. O prefeito quer que todo mundo passe por isso, e ele não era nem nascido quando a Feira começou, e não sabe nosso sacrifício, desabafou emocionada, recebendo apoio de outros expositores próximos.

    Outros três feirantes procuraram a van da Ouvidoria (localizada na região Central da feira, na Travessa B-3, rua do Restaurante Popular) para pedir mais informações sobre o processo licitatório e solicitar um encontro com representantes da Prefeitura. As solicitações serão encaminhadas aos órgãos responsáveis, e a resposta será repassada para o cidadão por telefone ou e-mail.
    A ouvidora Gabriela Diniz destaca que o objetivo da Ouvidoria é ouvir o que as pessoas têm a dizer e ser porta-voz da população.

    No caso da Feira, é uma oportunidade de sabermos como estão se sentindo os feirantes, frequentadores e moradores do entorno sobre as mudanças recentes que a atual gestão promoveu.

    spot_imgspot_img