Pega Leve – edição 1089

0
16

Votação I

Chamou a atenção, na Câmara Municipal, a votação de projeto do Executivo que trata da permissão para o Município firmar CCSIP (parcerias públicas) com a inilidade de cuidar da iluminação pública no município. Entre pareceres de irregularidades, ilegalidades e de acordos para mudar os termos, muita coisa ficou pelo caminho.

Votação II

Quando finalmente o projeto chegou ao plenário para ser votado, ainda havia “coisas” a serem resolvidas. Tanto que ele foi aprovado em primeiro turno, mas somente depois é que os parlamentares votaram uma emenda na qual o Executivo corrigia uma falha e apontava de onde, no orçamento municipal, viriam os recursos para aquele projeto.

Geni

Considerada a criação mais importante dos últimos anos – ou seria de todos os tempos? – a internet serve a tudo e à todos. A dúvida acontece quando ela invade até a intimidade de casais. Cruz credo. Maldita Geni!

Pergunta

O ano de 2015 está acabando e a dúvida que acomete os brasileiros é se no ano que vem, ano eleitoral, o impechmant da presidente Dilma ainda está na pauta ou já será possível encerrar o pleito de 2014. Com a palavra…

Cantata

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza na próxima quarta-feira (2), às 19 horas, a 9ª edição da Cantata de Natal, no Hall das Bandeiras. Trezentas vozes, 20 corais e 18 regentes participam da apresentação, que será marcada neste ano por clássicos natalinos dos séculos XVII, XVIII e XIX. Também farão participações especiais a Orquestra de Câmara Opus, o cravista Antônio Carlos de Magalhães, a soprano Andrea Peliccioni e o tenor Júlio César de Mendonça. A entrada é franca.

Prazo

Atenção, jovens de 15 a 17 anos que estão fora da escola! Termina na próxima segunda-feira (30) o prazo de inscrição para o ano letivo de 2016 nas unidades estaduais. Para inscrever-se basta acessar o www.educacao.mg. gov.br e preencher o formulário. Lá, além dos dados pessoais, o candidato informará três opções de escola, turno de preferência e série que pretende cursar.

Mantido

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, negou que o governo tenha tomado uma decisão em relação à data de reajuste do salário mínimo no próximo ano. Boatos davam conta de que o reajuste de janeiro só seria dado no meio do ano.

SEM COMENTÁRIOS