sexta-feira, 12 julho

    Tentativa de furto

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    A Guarda Civil de Contagem foi acionada por um cabo da Polícia Militar de Minas Gerais, lotado no 2º Batalhão de Polícia Especializada, que afirmava ser vítima de tentativa de furto de sua moto na Avenida Severino Ballesteros, no final desta sexta-feira (22).
    Segundo o cabo, o autor pulou em sua moto estacionada na avenida em local específico, quando o PM visualizou o indivíduo, aproximou-se e se identificou como policial militar. O cabo, em continuidade ao ocorrido, foi ao 3º Comando da Guarda Civil de Contagem, situado na Praça do Sol, para solicitar o apoio dos guardas civis para a prisão do suspeito que tentou fugir.
    Os guardas atenderam e, ao fazerem o acompanhamento visual nas proximidades, visualizaram o suposto autor na tentativa de fugir em direção ao Parque Linear do Sarandi. Em seguida, o homem atravessou a Avenida Severino Ballesteros e, perto do Senai, veio uma caminhonete, cabine fechada, em sua cobertura, parando o veículo para que o suposto autor pudesse entrar.
    O motorista tentou arrancar o veículo para fugir, mas foi impedido por uma guarda civil, que emitiu ordem legal para que o condutor do veículo parasse, mas ele acelerou em direção a ela, com o objetivo de atropelá-la. Afirmando, novamente, para que o condutor do veículo viesse a pará-lo. Sendo ignorada outra vez pelo condutor, para repelir a iminente e injusta agressão promovida por ele, foi necessário efetuar disparo de arma de fogo em direção aos pneus do veículo, para resguardar a sua integridade física.
    Neste instante, os guardas acertaram dois pneus do veículo que tentava fugir. O condutor foi preso no local e o passageiro, correu, de novo, em direção ao Parque Linear, mas foi agredido por populares e detido por um guarda civil.
    Os autores foram conduzidos para a Delegacia de Polícia e a caminhonete envolvida permaneceu no local para perícia. Um dos envolvidos alegou haver sido lesionado por causa das agressões de populares, sendo devidamente levado à Unidade de Pronto Atendimento JK.

    spot_img