segunda-feira, 22 julho

    Duplicação de viaduto

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Após anos de espera, o viaduto da CeasaMinas situado sobre a BR-040, nas proximidades da avenida Severino Ballesteros Rodrigues, será duplicado e passará das atuais três para seis faixas de rolamento – serão três para cada sentido da via. A conclusão das obras da ampliação do tabuleiro do elevado colocará fim à retenção do tráfego de veículos, principalmente, nos horários de pico. Os trabalhos deverão ser iniciados ainda neste ano.
    Na última quarta-feira (6), foi assinada a homologação da licitação para as obras de requalificação do viaduto e do seu entorno, que ainda incluem a ampliação das alças de acesso e adequações de mobilidade para pedestres, como a reestruturação das calçadas e a implantação de piso tátil.
    Com valor orçado em R$ 17,4 milhões, as intervenções viárias no local fazem parte do Corredor Leste/Oeste, que integra o Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs).
    Histórico – O viaduto dá acesso para três vias importantes situadas na cidade: avenida Helena de Vasconcelos, avenida Severino Ballesteros Rodrigues e a BR-040. Com tráfego intenso de veículos de carga e carros menores, é comum a lentidão de em horários de pico, sobretudo, se houver acidentes na região.
    Nas imediações do elevado, as vias de acesso comportam o fluxo de veículos, no entanto, elas se afunilam quando desembocam no viaduto. Hoje, existem duas faixas no sentido Via Expressa/Parque São João, e uma no sentido CeasaMinas/Severino Ballesteros Rodrigues.

    spot_imgspot_img