sexta-feira, 19 julho

    Conclusão de obra

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Desde 2013, as obras de canalização do córrego da rua Ribeirão, em Nova Contagem, estão paralisadas. Com o objetivo de solucionar esse problema, nesta terça-feira (12/11), o presidente da Câmara Municipal de Contagem, vereador Daniel Carvalho, solicitou a conclusão das intervenções. Ele reivindicou ainda a limpeza e despoluição do córrego.
    A população alega sérios problemas gerados pela situação que se encontra o córrego, como, por exemplo, doenças, riscos de acidentes, alagamentos e enchentes. “As intervenções começaram em 2012, mas no ano seguinte foram interrompidas e, desde então, a comunidade aguarda a retomada para concluir a obra e resolver os problemas enfrentados por eles”, diz Daniel Carvalho.
    As condições são insalubres, pois os moradores convivem com esgoto a céu aberto, mau cheiro e animais peçonhentos. Além disso, em épocas de chuvas fortes, a população fica ainda mais apreensiva. Por isso, “o córrego precisa de limpeza e despoluição urgente, ou seja, antes que as chuvas comecem a atingir os moradores causando vários transtornos a eles”.
    Escoamento de água – A limpeza e a desobstrução de bocas de lobo nas ruas do bairro Cabral também foram pleiteadas pelo vereador Daniel Carvalho, durante reunião plenária. Em especial, na Alameda das Cotovias.
    Segundo os moradores, as bocas de lobo se encontram obstruídas e, com as chuvas, a água não consegue escoar, causando inundações, alagamentos e enchentes.
    “Sabemos que o período de fortes chuvas está chegando, por isso reivindicamos a limpeza das bocas de lobo para evitar os problemas ocasionados pela ausência do escoamento da água. Reforço, ainda, o pedido de urgência na execução do serviço”, concluiu o parlamentar.

    spot_imgspot_img