19.3 C
Contagem
domingo, maio 26, 2024
HomeCadernosCidadeEscola em Tempo Integral

Escola em Tempo Integral

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1232 24 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Obras na Avenida Maracanã

Uma obra estruturante As milhares de pessoas que passam todos...

Mais acessibilidade e inclusãox’

Facilidade de locomoção A Prefeitura investe para garantir a inclusão...

Aymoré e Arcor presenteiam a cidade

Comemorações O ano de 2024 é marcado por duas importantes...

Oncoclínicas inaugura unidade em Contagem

Considerado um dos maiores grupos de oncologia da América...
Ir para Criarteweb

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, visitou na última segunda-feira (12/8), as instalações da primeira Escola em Tempo Integral, que está em fase de acabamento, no bairro Arvoredo, na Regional Ressaca. Com a visita pode-se perceber o quanto as obras avançaram e ainda neste ano será entregue à população.
O espaço, de 6.777,78 m², contará com 36 salas de aula, uma ampla biblioteca, cozinha industrial, refeitório, centro de línguas estrangeiras, laboratórios profissionais, refeitório, piscina, ginásio poliesportivo, pista de atletismo, quadras esportivas, salas de música, dança e teatro, estúdio de TV e rádio e anfiteatro com capacidade para 125 pessoas. A escola integral tem todo o conceito sustentável. Toda a iluminação será com lâmpadas de LED, haverá sistema de reutilização de água pluvial, aquecimento solar e coleta seletiva de lixo.
Para o prefeito, a ideia de se ter uma estrutura como essa na cidade é a plena realização de um sonho. Alex de Freitas que sempre estudou em escolas públicas enfatizou que devemos transformar o pensamento do que é público, como algo bom, excelente para ser utilizado pelos estudantes municipais. “Acreditamos que podemos ofertar qualidade. Sobretudo aos estudantes carentes que merecem um bom ensino com recursos que possam avançar na sua educação”, destaca.
A ideia da Secretaria Municipal de Educação (Seduc) é atender aos estudantes do 6º ao 9º ano, período em que acontece a maior evasão escolar no país. Tendo essa estrutura, a primeira de outras seis que ainda estão em processo de licitação com parcerias público-privadas (PPP’s), mantém esse modelo à estrutura ofertada pela Prefeitura.
E não para por aí, a estimativa é de atender cerca de 2 mil estudantes com cinco refeições diárias. Além de ofertar aulas de natação, futsal, vôlei e experimentos em laboratórios com as mais diversas atividades para pesquisa e interação social.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar