sexta-feira, 12 julho

    Concessão de rodovias

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Marco Aurélio Barcelos, lançaram no último dia 31 de maio um programa de concessão de rodovias no estado.
    São mais de 2.500 quilômetros de rodovias incluídos no pacote e a expectativa é gerar lucro de R$ 7 bilhões para o estado. As concessões devem durar de 25 a 30 anos.
    Com o projeto, o governo mineiro calcula que serão gerados 9.500 mil novos empregos, diretos e indiretos, e que mais de cem municípios serão contemplados.
    Grande parte das cidades próximas a estradas incluídas no lote são turísticas e recebem milhares de visitantes todos os anos.
    O governo prevê para o terceiro trimestre deste ano a retomada da licitação do lote composto pela MG-424 -entre a MG-010 e a entrada de Sete Lagoas.
    Já no último trimestre, deve ser lançado o edital referente ao lote do Triângulo Mineiro, que compreenderá rodovias das cidades de Araxá, Uberlândia e Uberaba (BR-452, BR-462, MG-190, LMG-798).
    Os demais lotes, que devem ser licitados a partir do próximo ano, são: Pouso Alegre-Itajubá (423 km de extensão), Varginha-Furnas (434 km), São João del-Rei (376 km), Itapecerica – Lagoa da Prata (496 km) e Ouro Preto (242 km).
    Minas Gerais possui a maior malha rodoviária do país, com 16% de toda a extensão de estradas do país. Dos 25.900 quilômetros de rodovias do estado, apenas 735 são concedidos à iniciativa privada atualmente.

    spot_img
    Artigo anterior
    Próximo artigo