quarta-feira, 24 julho

    Saldo de empregos

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado na sexta-feira (24) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, mostram que o estado de Minas Gerais teve o segundo melhor resultado na geração de empregos no Brasil, em abril. No período, houve abertura de 22.348 novos postos de trabalho, uma variação de 0,55% em relação ao estoque do mês anterior.
    Em abril, sete de oito setores da economia mineira tiveram saldo positivo. Os destaques foram Serviços, com a geração de 9,8 mil novos postos, e Agropecuária (7,3 mil). A Indústria de Transformação (2,8 mil) e a Construção Civil (2,1 mil) também apresentaram resultado expressivo no mês.
    Desempenho Nacional – O Brasil registrou a abertura de 129.601 novas vagas de emprego com carteira assinada em abril, resultado de 1.374.628 admissões e 1.245.027 desligamentos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira (24) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.
    Este foi o melhor resultado para abril desde 2013. Na época, o Caged registrou a criação de 196.913 vagas. Terceiro ano consecutivo de saldos positivos e crescentes no mês, o número reflete a recuperação do contingente de empregos formais em abril desde 2017. No acumulado do ano, de janeiro a abril, foram gerados 313.835 postos de trabalho e o estoque de empregos chegou a 38,7 milhões.
    O resultado de abril de 2019 está diretamente relacionado aos setores de Serviços, Indústria de Transformação e Construção Civil, responsáveis pela maior parte da geração de empregos no mês. Destaca-se ainda que o saldo de emprego foi positivo nos oito setores econômicos.

    spot_imgspot_img
    Artigo anterior
    Próximo artigo