sexta-feira, 19 julho

    Senadores por Minas

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Eleitos senadores por MG não se surpreendem com derrota de Dilma Rousseff. A ex-presidente aparecia em 1º lugar nas pesquisas de intenção de voto, mas acabou ficando em 4º na disputa. Rodrigo Pacheco (DEM) e Carlos Viana (PHS) ficaram com as duas vagas.

    O trabalho que nós fizemos durante a campanha, as viagens por Minas Gerais mostraram o sentimento dos mineiros em escolher quem tem identidade com o estado,

    disse o deputado federal Rodrigo Pacheco (DEM), eleito senador com o maior número de votos no estado, 3,6 milhões (20,49%). Ele aparecia nas pesquisas oscilando entre a segundo e terceira posições, sempre atrás da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
    Já Carlos Viana (PHS), que exercerá pela primeira vez um cargo eletivo, disse que o projeto é formar um bloco de deputados e senadores por Minas Gerais em conjunto com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), que é um dos principais nomes do partido do candidato.

    Sobre a disputa presidencial, Pacheco e Viana disseram que vão aguardar posicionamento de seus partidos.

    spot_imgspot_img