sexta-feira, 19 julho

    Seguros para celular

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    A contratação do seguro contra roubo e furto qualificado de celulares, tem gerado grandes dúvidas ao consumidor no momento de acionar para fins de reposição do bem.
    O Procon Contagem explica que este seguro cobre o roubo, caracterizado quando a pessoa sofre ameaça ou violência física direta como, por exemplo, assalto com faca, canivete ou arma de fogo. Já o furto qualificado, ocorre quando não sofre ameaça. Exemplo disso é quando se nota que o celular foi roubado através de um rasgo na bolsa.
    Não está incluído na cobertura do seguro o furto simples, perda ou esquecimento, quando não se percebe o furto e não se encontra vestígios do crime. Vale ressaltar a importância de ler sempre no ato da contratação do seguro, o termo que será assinado, e tentar sanar todas as dúvidas antes da finalização da contratação.

    Caso seja negado à cobertura, o consumidor deverá procurar o Procon levando os documentos de identificação, comprovante de endereço, a nota fiscal do produto e a cópia do boletim de ocorrência policial,

    complementou Rariúcha Braga, superintendente do Procon.

    Mais informações no telefone: 151.

    spot_imgspot_img
    Artigo anterior
    Próximo artigo