sábado, 13 julho

    Atiradores matam em Contagem

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    Um homem morreu e dois ficaram feridos depois de serem baleados na madrugada de quarta-feira (12/09), no bairro Parque Maracanã, em Contagem.

    Testemunhas disseram à Polícia Militar que os três homens estavam sentados em uma calçada da Rua Maria Cecília, quando um Palio preto com três suspeitos armados atiraram nas vítimas, que tentaram correr para dentro de um bar.

    Pedro Ivo Policarpo dos Santos, de 18 anos, baleado no rosto, barriga e nádegas morreu na hora. Os outros dois – Arlem Henrique da Silva, de 35 anos, e um homem não identificado – foram socorridos pela polícia.
    Pedro Ivo, segundo a PM, não morava na região, mas frequentava o local e teria envolvimento com o tráfico de drogas.

    Arlem Henrique era morador do bairro, foi atingido nas nádegas, socorrido a uma unidade de saúde e não corre risco de morte.

    A vítima não identificada foi socorrida para o Hospital Municipal de Contagem (HMC). O homem foi baleado na cabeça, braço e perna e o estado de saúde dele era grave.
    Populares contaram à polícia que Pedro Ivo não morava na região, mas sempre estava por lá e tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Os feridos não teriam nenhum envolvimento no mundo do crime.

    A perícia da Polícia Civil foi ao local e recolheu dez cartuchos de 9 milímetros. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O dono do bar não quis dar informações à PM com medo de retaliação.
    Os atiradores não foram identificados e localizados. O caso será investigado pela Polícia Civil.

    spot_imgspot_img
    Artigo anterior
    Próximo artigo