terça-feira, 16 julho

    As três caras da Via Expressa

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    André Flávio Teixeira, de 38 anos, trabalha com um caminhão guincho e está acostumado a tirar os motoristas do sufoco na Via Expressa. Após a Prefeitura de Contagem iniciar a revitalização completa dos 14 quilômetros do movimentado corredor de trânsito no Município, por onde passam cerca de 100 mil veículos por dia, o reboque de André passou a ficar parado estrategicamente no bairro Santa Maria, na região Oeste de Belo Horizonte.

    Em Contagem, a Via Expressa teve uma melhora incrível depois das obras. É preciso fazer o mesmo com urgência nos trechos em Betim e BH, onde o asfalto está cheio de fissuras e remendos, aponta.

    André Flávio trabalha com um caminhão guincho e está acostumado a socorrer motoristas na Via expressa

    Após 20 anos de espera, o prefeito Alex de Freitas assinou, em março de 2017, a ordem de serviço para a reforma da Via Expressa em Contagem. Com investimento de R$ 20,5 milhões, sendo R$ 15 milhões de repasses do Estado e R$ 5,5 milhões de contrapartida da prefeitura, todo o asfalto foi trocado, além das obras de drenagem. Nova sinalização horizontal e vertical foi instalada, assim como a substituição das lâmpadas comuns pelas de LED.
    Também está sendo feita a revitalização paisagística dos canteiros centrais. Embora o governo de Minas tenha contingenciado a maior parte dos recursos, a prefeitura garantiu a continuidade das obras.

    A malha viária de Contagem estava em situação precária. Priorizamos sua melhora por se tratar de uma importante via na região metropolitana e um dos cartões de vista da cidade, destaca Alex de Freitas.

    Os chamados no celular de André à procura pelo guincho agora são feitos por donos de veículos com problemas mecânicos na Via Expressa em Betim e na capital. Ele próprio amargou prejuízo de R$ 800 ao ter a mola do caminhão quebrada o trecho de Betim, quase chegando à BR-381.

    Você roda num asfalto perfeito em Contagem e quando entra na parte de Betim encontra um desnível no piso. Isso é fatal principalmente para os veículos pesados, que estragam mesmo. É muito comum carro com pneu e suspensão estourados nos trechos de Betim e BH, que não foram revitalizados, afirma.

    Mais segurança com nova
    iluminação e criação de áreas verdes

    Com sua caminhonete, Antônio Lopes de Oliveira, de 59 anos, faz carretos em Contagem e municípios vizinhos. Ele está muito satisfeito com a revitalização do trecho da Via Expressa em Contagem e aponta a iluminação com as lâmpadas de LED um dos principais benefícios aos motoristas.

    Aumenta muito a segurança. Ficou nota dez. Não dá nem para comparar com Betim, onde o asfalto está péssimo, nem com Belo Horizonte, que virou um piso de cimento remendado com asfalto, ressalta.

    Antônio Lopes faz carretos e está muito satisfeito com a revitalização do trecho da Via Expressa em Contagem

    Foram substituídas 771 luminárias.
    Lopes, como é conhecido, mora no bairro Industrial São Luiz, na regional Petrolândia, em Contagem. Neste ponto da Via Expressa, passando pelos bairros Petrolândia e Tropical, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, está fazendo a requalificação paisagística. O objetivo é dar vazão à água da chuva, melhorar a qualidade do ar e deixar a cidade mais bonita. Já foram revitalizados 4,6 mil metros de canteiro central.

    Nova sinalização vertical e horizontal em trecho de Contagem
    Revitalização paisagística do canteiro central

    Visibilidade

    Nova sinalização deu segurança ao motoqueiro Odair Martins

    O metalúrgico Odair Martins, 38, mora no bairro Sapucaias II, na divisa de Contagem com Betim. Ele é motoqueiro e se sente mais seguro ao rodar na Via Expressa de Contagem com nova sinalização. O metalúrgico também destaca as intervenções feitas nos canteiros centrais para aumentar a visibilidade dos motoristas.
    Odair, no entanto, afirma ter sido vítima da falta de sinalização na Via Expressa de Betim.

    Estou afastado do trabalho desde que sofri um acidente com a moto na entrada do bairro Imbiruçu. O local não tem sinalização e fui fechado por um caminhão, lamenta.

    Ele também se queixa da falta de informação sobre a existência de radares no trecho de Betim. “Fui multado próximo ao bairro Jardim Alterosa porque não há a indicação da velocidade permitida, como determina o Código de Trânsito”.

    Situação da Via Expressa
    em Belo Horizonte e Betim

    Trecho deteriorado em Belo Horizonte
    Trecho esburacado em Belo Horizonte
    Piso com fissuras e buracos no trecho de Belo Horizonte
    Desnível no asfalto em trecho de Betim
    Buracos no asfalto em trecho de Betim

     

     

     

     

    spot_imgspot_img