quarta-feira, 24 julho

    Transporte coletivo

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    A assinatura da autorização para abertura do processo de licitação do transporte público do município, pelo prefeito Alex de Freitas marca, a efetivação de um compromisso assumido com a população durante a campanha, de modernizar o sistema de transporte coletivo, garantido mais segurança e conforto ao cidadão.

    Na história de Contagem há apenas um processo de licitação realizado até hoje no transporte. O papel do poder público é estabelecer parâmetros para que o privado se interesse pela concessão e, ao mesmo tempo, entregue um serviço de qualidade,

    disse o prefeito ao destacar o momento histórico, corrobora para a implementação de um novo tempo na cidade
    Além da assinatura da autorização para abertura de licitação, na segunda-feira (16/04), o município anunciou recentemente investimentos de R$ 302 milhões em obras de mobilidade, que contribuirão para reduzir o tempo de viagem e o preço das passagens.

    Alex de Freitas assina a autorização para abertura do processo de licitação do transporte público do município (Cassio Matias)

    Esse é o primeiro passo, muito importante, de outros tantos que virão. Vamos juntos construir uma cidade com olhar para o futuro, ressaltou.

    O Edital de licitação do Transporte Público de Contagem prevê a criação de um Sistema Integrado de Mobilidade (SIM). Além de mudanças significativas na prestação do serviço, serão construídos três grandes corredores: Ressaca, Leste-Oeste e Norte-Sul. Para a implantação de todo o sistema, a prefeitura estima que serão necessários investimentos em torno de R$ 22O milhões.

    Um dos corredores terá sistema BRT

    (Elias Ramos)

    Em um dos três corredores a ser construído será instalado o sistema BRT ao longo das avenidas João César de Oliveira e David Sarnoff, formado por dez estações de transferências. Segundo o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon), Gustavo Peixoto, além disso, o novo sistema prevê a execução de quatro terminais: Sede, Ressaca, Petrolândia e Darcy Ribeiro, e a requalificação do terminal do Metrô, no bairro Eldorado.
    Peixoto informou ainda, que ônibus serão articulados e que parte da frota será composta por micro-ônibus para facilitar o acesso a vilas. A maioria terá ar-condicionado e 5% serão elétricos, com foco na sustentabilidade. Os veículos serão equipados com câmeras internas e botão de pânico para acionar a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Transcon, na identificação de qualquer situação de anormalidade.
    O edital contempla também a instalação de painéis elétricos nos pontos de parada, nos terminais e estações de transferência, permitindo que as pessoas possam sair de casa no horário previsto para a chegada do ônibus. As estações e parte da frota serão equipadas com wi-fi. Para facilitar a acessibilidade, as estações terão piso alto e bilheteria.

    Dessa forma, o usuário do transporte coletivo não precisará mais pagar a passagem ao motorista. Isto agiliza o tempo de entrada e saída do ônibus” afirmou o presidente da Transcon.

    Peixoto acredita que o novo edital possibilitará a racionalização do transporte público em Contagem, reduzindo o percurso do itinerário e o tempo de viagem. “Hoje, 27% da nossa população utiliza dois ônibus e paga duas passagens. A partir do momento que colocarmos em prática esse edital, acredito que essa situação reduzirá potencialmente.”, avaliou.
    A expectativa é que dentro de seis meses seja possível assinar contratos com a empresa vencedora, dando início ao processo de montagem do sistema.
    Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte, Gerson Cesário, a notícia é histórica.

    Esse é um momento ímpar para nós trabalhadores, torna transparente o processo e melhora o serviço, sobretudo no que diz respeito à segurança., afirmou.

    “Sei que é apenas o começo, mas que possamos em médio prazo entregar um transporte público de qualidade ao contagense trabalhador, estudante, menos favorecido e que tanto necessita”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Contagem, Vereador Daniel Carvalho.

    spot_imgspot_img