sexta-feira, 12 julho

    Até que ponto o medo é normal?

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    Motivado por diversas situações, o medo, hoje, toma conta de grande parte da população. Entretanto, a fobia é um temor profundo que se repete toda vez que a pessoa tem contato real ou apenas uma ideia de contato com o objeto fóbico. E, isso, pode causar diversos problemas. Segundo Caio Zagnoli, especialista em uma técnica de cura chamada Thetahealing, o medo é um sentimento que nos paralisa e impede de realizar algo na nossa vida.

    Ele pode existir de diversas formas, como um simples medo do escuro,
    de andar de avião, de dirigir e até mesmo de se relacionar, entre outros.
    É muito provável que esse medo esteja relacionado com algumas crenças
    que a pessoa tem de forma subconsciente.

    E para trabalha-lo, o especialista garante que é muito importante perceber qual é a sensação que esse medo causa no corpo.

    A partir desse momento, é possível ter a “liberação” dessas crenças. Um exemplo disso, é o caso de uma paciente que participou de uma
    demonstração durante um curso de Thetahealing, pedindo para trabalhar seu medo de água. Ela não nadava, não ia à cachoeira, piscina e até mesmo no banho colocava uma água bem fraquinha, porque não
    gostava de muita água. Durante a utilização da técnica, ela acessou memórias uterinas onde sentiu uma forte sensação de perigo e vieram a tonas crenças como: estou sempre sobre perigo…não sou bem-vinda a esse mundo…não sou querida…amor é sofrimento. E logo tudo isso foi trabalhado para que fossem reprogramadas essas memórias, liberados os choque e traumas deixados, contou Caio.

    A técnica do Thetahealing pode ser utilizada para trabalhar o medo até que seja solucionado. Acessando a onda cerebral Theta, a pessoa é conduzida a um estado de relaxamento e passa a imaginar a situação que gera o medo, sendo levada cada vez mais para dentro de si, até que seja descoberto o que o provoca e quais as suas crenças e raízes. Logo após é feita uma reprogramação dessas crenças.

    Por meio de um teste, em que se tem uma resposta do subconsciente
    através do corpo é verificado se o resultado foi efetivado de fato. E então,
    novamente é imaginada a situação trazida e a pessoa vai perceber se o
    medo acabou ou apenas diminuiu pontuando em uma escala de 0 a 10 a sensação.
    Se o medo acabar, o trabalho está concluído, mas se apenas diminuir ele segue até que seja realmente solucionado, explicou o especialista..

    Fonte: Caio Zagnoli, terapeuta e especialista em Thetahealing.
    É fundador do Portal Semente Quântica.
    (www.sementequantica.com)

    spot_imgspot_img