sexta-feira, 12 julho

    ALMG debate direitos das mulheres

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) promove no próximo dia 30, Ciclo de Debates Pela Vida das Mulheres – Educação, Enfrentamento do Machismo e Garantia de Direitos. As inscrições para o evento, podem ser feitas até as 15 horas da véspera do evento (29/03), por meio de formulário on-line.
    O Ciclo de Debates, que conta com a participação ativa da deputada Marília Campos (PT), marca o mês de março como um momento de mobilização e luta pela garantia dos direitos das mulheres, pela igualdade de gênero e contra o machismo.

    Mais do que parabéns e flores, queremos os nossos direitos respeitados. Por isso, neste mês no qual se comemora o Dia Internacional da Mulher, estamos promovendo o debate sobre a reforma da previdência, que atinge principalmente as mulheres e os mais pobres; sobre a educação; e sobre a necessidade permanente de combate ao preconceito, ao assédio e ao machismo. Esses são temas que precisam estar na ordem do dia no Parlamento Mineiro, afirmou Marília Campos.

    Programação – Estão previstos a realização de três painéis seguidos de debates e uma apresentação cultural, a partir das 14 horas e com previsão de se estender até a noite.
    O primeiro painel, que abre o ciclo de debates, vai discutir a importância das discussões relativas a gênero e do enfrentamento à cultura do machismo na educação.
    O segundo painel discutirá o enfrentamento ao machismo institucionalizado para garantir a participação da mulher nas instâncias de poder e decisão.

    Por fim, no terceiro painel, o tema em debate será mulheres, respeito às diversidades e garantias de direitos. Os nomes dos palestrantes ainda estão em fase de confirmação.

    spot_img
    Artigo anterior
    Próximo artigo