sexta-feira, 19 julho

    Ameaças concretas

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Situações até certo ponto comuns fazem os indivíduos buscarem ajuda onde podem, inclusive, no dicionário. Não que ninguém saiba de cor e salteado o que quer dizer valentia, mas há ocasiões em que é preciso ir além do que já se sabe. Ao buscar a palavra nos dicionários, lá está que se trata de substantivo feminino que significa intrepidez, coragem, denodo, proeza, bravura. É, ainda, ação! Ação de valor, façanha ou também força; vigor. É preciso, pois, muita valentia para se mostrar valente, especialmente num mundo aonde as ameaças chegam de todos os lados -inclusive de baixo para cima.
    Faz parte do mundo moderno, cada vez mais, a convicção de que os golpes virtuais se tornam uma constante realidade em todo o mundo e como exemplo temos a prefeitura de Contagem alertando para o golpe de falsa cobrança de Taxa de Fiscalização de Estabelecimento (TFE).
    Os chamados phishing, e-mails maliciosos de falsas propagandas que todos os dias chegam às caixas de correio eletrônico, carregado de vírus com o objetivo obter todas as informações digitadas no computador, incluindo senhas de banco e dados pessoais. No entanto, essa forma de ataque já é conhecida pelos antivírus, tanto que muitos softwares de proteção conseguem evitar esse tipo de golpe. Diante disso, os atacantes inovaram na metodologia da prática criminosa. Eles estão unindo esforços para invadir os servidores de empresas que oferecem vendas eletrônicas. O objetivo é criar um e-mail com o domínio oficial da empresa, garantindo a confiabilidade da mensagem.
    Ao clicar no e-mail enviado pelos golpistas, o usuário permite que seu navegador seja rastreado em tempo real enquanto é direcionado automaticamente para um arquivo malicioso que, utilizando-se de vulnerabilidades existentes no navegador, faz o download e em seguida a execução de um pequeno agente que modifica a configuração padrão do navegador do usuário.
    Fora da rede, cabe ao cidadão se proteger com procedimentos semelhantes, evitando se abrir com desconhecidos – mesmo aqueles mais conhecidos, não acreditar em ofertas suspeitas – mesmo as mais insuspeitas, se manter em alerta para se ver livre dos criminosos – de todos os calibres.
    Para quem está achando o texto engraçado, um alerta final: as ameaças são reais, mesmo quando virtuais. Não queira pagar pra ver.

    spot_imgspot_img