sexta-feira, 12 julho

    Semana da Diversidade

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    Vestida com as cores da diversidade, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção Contagem sediou, nesta segunda-feira (29), uma mesa de debates que deu início à Semana da Diversidade Contagem 2019. Uma enorme bandeira com as colorações do movimento LGBTI+ foi estendida na entrada do local, e performances de drags antecederam as discussões.
    Na mesa, representantes das siglas que integram a terminologia sobre a população lésbica, gay, bissexual, travesti, transexual e intersexual (LGBTI+) trouxeram à discussão relatos de vida e temas importantes para o debate sobre direitos.
    O evento foi promovido conjuntamente pelo Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual (Cellos) Contagem, pelo Coletivo Transformar, pela OAB – Subseção Contagem e pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania. Mais do que promover um espaço para discussões decorado com uma bandeira, a ação reafirmou disposições para resistir e lutar pelo direito de ser e de amar como quiser.
    Atividades – Até o dia 4/8 serão promovidas diversas atividades na cidade, culminando com a realização da 15ª Parada Gay de Contagem, que acontece no próximo domingo. Segundo Leandro Neves, ativista e militante do Cellos, são esperadas pelo menos 50 mil pessoas no evento. Neste ano, as paradas gays Brasil afora celebram os 50 da Rebelião de Stonewall, início de uma série de manifestações de integrantes da comunidade LGBT no bar Stonewall Inn, localizado no bairro de Greenwich Village, em Manhattan, em Nova York, nos Estados Unidos, que são considerados como o marco que levou ao movimento moderno de luta pelos direitos LGBT.

    spot_img
    Artigo anterior
    Próximo artigo