23.8 C
Contagem
segunda-feira, junho 24, 2024
HomeCadernosCidadeTeatro contra as drogas

Teatro contra as drogas

Date:

Matérias Relacionadas

Rayza Almeida para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Rayza Almeida(almeira_rayzaaxz), tenho 20 anos, estou...

Edição 1234 21 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Obras de mobilidade na BR-381

Desenvolvimento Contagem não para. Após articular, em Brasília, uma reunião...

Restauração do Centro Cultural

Cuidado com o patrimônio Na última semana a Prefeitura deu...

Procon Câmara bate recordes em atendimentos

Referência em defesa do consumidor desde sua inauguração, em...
Ir para Criarteweb

A Prefeitura de Contagem se une à Polícia Militar (PM) para conscientizar a população sobre os malefícios do uso de drogas. Com uma abordagem diferenciada, a mensagem foi passada em uma encenação teatral na última quinta-feira (8 de novembro). Na plateia estavam os beneficiários da Segurança Alimentar do Espaço Bem Viver Luiz Palhares, em Nova Contagem, Regional Vargem das Flores.
As diretrizes do projeto “Contagem Livre das Drogas”, da Prefeitura, e do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), da PM, norteiam a campanha desenvolvida no Município. O teatro emocionou todos os presentes, que não sabiam que haveria a dramatização.
O sargento Pierre, do 18º Batalhão da PM, incorporou um usuário abusivo do álcool, incomodando todos os participantes. O protagonista foi interagindo com a gerente do “Contagem Livre das Drogas”, Soraya Romina, que estava dando uma palestra sobre o tema, em uma encenação que levou todos à reflexão.
Soraya começou a ler uma carta para o policial ator, como se o filho dele estivesse expressando o sofrimento causado à família ao abusar do consumo diário de álcool. A reação provocada no público foi de comoção e alívio ao final, quando tomaram conhecimento de que se tratava de uma encenação.
A palestra proferida por Soraya foi uma demanda da Cozinha Comunitária de Nova Contagem. No local são atendidas cem famílias, com distribuição diária de 400 refeições. De acordo com a assistente social da Segurança Alimentar, Cecília Souza, o problema do alcoolismo foi identificado no convívio com essas famílias e vem atrapalhando a distribuição das refeições, gerando tumulto.

Como atuamos intersetoialmente, solicitei uma intervenção para conscientizar essas pessoas. Fiquei encantada com a abordagem, foi muito impactante, e as pessoas vão sair daqui pensando no assunto, avalia Cecília.

Mensagem – O sargento Pierre deixou uma mensagem de reflexão. “Ninguém faz uso de bebida alcoólica para se transformar nesta pessoa que interpretei. Faz uso pelo prazer que ele dá e realmente é verdade. Vocês precisam entender que o problema maior da droga e do álcool não é o mal que eles causam, mas o prazer que eles proporcionam. Homens e mulheres fazem qualquer coisa por este prazer, inclusive roubam e se prostituem. Portanto, entre esse prazer e a chamada dependência existe uma linha invisível e facilmente transitável”, ressaltou.
Luzinete Pereira de Souza, de 62 anos, viu um filme passar pela cabeça. Emocionada, ela disse que o filho é dependente de álcool e está internado.

Já larguei meu marido porque não aguentei o sofrimento. Meu filho ficou igual ao pai, mas já está com sequelas. Enquanto aguentei eu busquei ele na rua, carregava ele no carrinho de mão, encontrava ele sangrando, machucado. Hoje meu coração doeu no teatro, quase fui atrás do ator para levar ele para o Centro de Atenção Psicossocial Álcool de Drogas (Caps AD).

A Prefeitura trabalha com a prevenção ao abuso do álcool e drogas desde o início da gestão do prefeito Alex de Freitas. Além do “Contagem livre das Drogas”, o tema é tratado pelo Conselho Municipal de Políticas sobre Álcool e outras Drogas de Contagem (Comadc) e pelo Comitê Permanente Intersetorial sobre Drogas.

Contagem vai sediar Fórum de debates

Em 29 de novembro será realizado em Contagem o Fórum Intersetorial de Políticas sobre Álcool e outras Drogas. A iniciativa é da Prefeitura, em parceria com a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel). O evento contará com representantes de 34 municípios, além de renomados palestrantes.
Em 2018 foram promovidas mais de cem ações de combate às drogas em Contagem. O Comadc atua como órgão de controle social, envolvendo a participação de entidades da sociedade civil e da Prefeitura. Presidido por Soraya Romina, o Conselho retomou as atividades em março.

O foco é a prevenção, que é a estratégia mais assertiva, barata e que dá mais resultado sobretudo entre os jovens, afirma.

O Comitê Permanente Intersetorial sobre Drogas tem a tarefa de propor um plano de políticas públicas para a cidade. “Estamos num processo pioneiro em Minas de construção desse plano, envolvendo todas as secretarias municipais. O prefeito Alex de Freitas pretende lançá-lo na Semana de Prevenção do próximo ano”, explica Soraya.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar