segunda-feira, 22 julho

    Assistentes passam por formação

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Os assistentes do Programa Mais Alfabetização, que atuam nas turmas do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, das escolas municipais de Contagem, passaram por uma formação continuada. O foco é possibilitar a discussão e análise dos resultados dos trabalhos desenvolvidos com os estudantes em sala de aula.

    Durante todo o dia, cerca de 120 profissionais discutiram sobre organização as metodologias do programa, as atribuições do cargo e os métodos pedagógicos aplicados para auxiliar os estudantes no aprendizado.

    O Programa Mais Alfabetização é realizado em 55 escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino. Os assistentes de alfabetização têm papel de auxiliar o trabalho do professor em sala de aula. Eles orientam os estudantes que apresentam dificuldades em relação à leitura, escrita e matemática.

    O programa tem o objetivo da consolidação da alfabetização nos dois primeiros anos do ensino fundamental. A partir da avaliação da determinada dificuldade, o professor direciona o assistente para trabalhar as atividades que não foram consolidadas na alfabetização,

    destacou a coordenadora do Programa Mais Educação em Contagem, Tatiane Maria Braga.

    spot_imgspot_img