sexta-feira, 19 julho

    As tragédia se repetem

    Matérias Relacionadas

    STF decide que lei que criminaliza fake news é inconstitucional

    Em uma decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

    Instituto CircoLar forma e catapulta artistas circenses de Minas Gerais

    Inscrições para a Formação Profissional em Artes Cênicas, que...

    Compartilhar

    Não é sem razão que o ensinamento popular revela: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Os transtornos causados pelas chuvas não se limitam aos prejuízos financeiros.
    Os moradores de Contagem devem ficar alertas nos próximos meses, pois de outubro a março tem início o período chuvoso, e que compreende os meses do ano com maior precipitação (chuva), e que traz, além do alívio do calor e a recarga dos mananciais hídricos, diversos transtornos como inundações, quedas de árvores e desabamentos.

    A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Contagem, que atua cotidianamente nas ações preventivas e emergenciais, alerta os cidadãos para os perigos nessa época e conta com a ajuda de todos para reduzir os riscos de desastres, assim como diminuir os danos humanos e materiais.

    Nessa época do ano chove muito e acontecem deslizamentos de terra das encostas e morros, provocando soterramentos e desabamentos; os rios transbordam, as enchentes invadem as casas, as doenças proliferam. Pessoas morrem e famílias inteiras ficam desabrigadas, principalmente nas áreas mais empobrecidas das cidades.

    O que é absolutamente chocante é ver que em todo período chuvoso, se repetem tragédias decorrentes dos alagamentos e deslizamentos provocadas pelas alterações ambientais causadas pelas atividades urbanas. Para construir casas, prédios, indústrias e vias, o solo foi impermeabilizado, rios foram sendo canalizados ou tiveram seu curso mudado para aumentar a área urbanizável, abertas para o loteamento e promoção de atividades econômicas e residenciais.

    O problema se agrava com a falta de consciência da população, que joga de tudo nas ruas, córregos e rios sem medir as consequências. Apesar de saber que as inundações em nossas cidades são agravadas pelo entupimento dos bueiros ocasionado pelo lixo jogado nas ruas, as pessoas não mudam de postura. Em dias de chuva, com a impossibilidade do escoamento pelos bueiros, a água concentra-se nas ruas de forma rápida, invadindo residências e causando todo o tipo de estragos e, infelizmente, tragédias.
    Enquanto não houver um trabalho de prevenção e conscientização da população: ano após ano, veremos as tragédias se repetir.
    Em caso de chuva prolongada e ventos caso você esteja em uma área de risco fique alerta e não durma em casa. Ligue para a Defesa Civil, 199. Defesa Civil Somos Todos Nós!

    spot_imgspot_img