sábado, 13 julho

    Corredores vazios após recesso no Congresso

    Matérias Relacionadas

    Ester Emanuelle para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

    Meu nome é Ester Emanuelle(@esterr_soares_), tenho 23 anos, sou...

    Edição 1235 28 de Junho de 2024

    Edição Online da Edição 1234 do Jornal de Contagem Pop Notícias

    Lula visita obras da Av. Maracanã

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva,...

    Campeonato Brasileiro Júnior e Elite

    Os atletas do projeto de Ginástica de Trampolim de...

    Prêmio Internacional: Contagem participa de eleição

    Contagem está participando do 18º Prêmio "Boas Práticas em...

    Compartilhar

    Nesta quarta-feira (1º), primeiro dia de trabalho após o fim do recesso parlamentar, até as 11h da manhã apenas nove dos 513 deputados haviam registrado presença na Câmara dos Deputados.
    Com um plenário completamente vazio, o deputado Flavinho (PSC-SP) conduzia uma comissão geral sobre a parceria da Embraer com a Boeing, que pretende operar, em sistema de joint venture, os negócios e serviços de aviação comercial da empresa brasileira.

    O deputado, autor do requerimento da comissão geral, quer saber as eventuais consequências dessa ação para a economia, a segurança nacional e para os trabalhadores envolvidos.

    Esforço concentrado – No Senado, os corredores também estão completamente vazios e na agenda da Casa não há nenhuma sessão convocada, reunião de comissão permanente ou temporária agendada.
    Na Câmara, essa comissão geral marcada é a única reunião agendada. Com o prazo até domingo (5) para a realização das convenções nacionais dos partidos, onde são oficializadas as candidaturas para as eleições de outubro, a expectativa é que deputados e senadores só voltem a Brasília nos dias de esforço concentrado.

    Segundo o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), a semana que vem e a última de agosto devem ser dedicadas a isso.

    A pauta deve priorizar propostas “mais leves e menos polêmicas”, mas deve ser acertada em reuniões de Eunício e Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, com os líderes partidários, de suas respectivas Casas, na semana que vem.

    spot_imgspot_img