15.9 C
Contagem
domingo, junho 16, 2024
HomeCadernosGeralSetembro Amarelo

Setembro Amarelo

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

Em 2017, a Campanha Setembro Amarelo, que alerta sobre a prevenção do suicídio, tem como tema “Falar sobre é a melhor solução”. Iniciado no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicin (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), a campanha é promovida nesse mês, porque o 10 de setembro marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.
O Setembro Amarelo tem o objetivo de promover espaços para debates sobre suicídio, além de divulgar o tema e conscientizar a população sobre a importância da discussão. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o suicídio é um problema de saúde pública e a sua ocorrência tem crescido entre os jovens. Os números oficiais da OMS mostram que 32 brasileiros se matam por dia e cerca de 12 mil por ano. Essa taxa é maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer. De acordo com a organização, nove em cada 10 casos poderiam ser evitados.

No Brasil, a cada 45 minutos uma pessoa morre por suicídio, e pelo menos 60 tentam
tirar a própria vida diariamente. Uma pesquisa feita pela Unicamp relata que 17% dos brasileiros pensaram em cometer suicídio ao longo da vida. No mundo, a cada 40 segundos uma pessoa tira a própria vida. O movimento mundial Setembro Amarelo, foi criado para reverter este quadro

Campanha – As primeiras atividades do Setembro Amarelo no Brasil foram promovidas em 2014 , em Brasília. Em 2015, a data se expandiu para todo o Brasil. Foram feitas ações de rua, como caminhadas, passeios ciclísticos e abordagens em locais públicos nas cidades.
Acolhimento – “Em Contagem, os Centros de Atenção Psicossocial, Sede e Eldorado, também são serviços de referência para acolhimento de pessoas com sofrimento mental, o que contempla pessoas deprimidas e/ou com ideias suicidas”, ressaltou a diretora-geral de Saúde Mental, Luiza Mara da Silva Lima.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar