22.3 C
Contagem
segunda-feira, maio 27, 2024
HomeCadernosEconomiaParticipação histórica no PIB

Participação histórica no PIB

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1232 24 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Obras na Avenida Maracanã

Uma obra estruturante As milhares de pessoas que passam todos...

Mais acessibilidade e inclusãox’

Facilidade de locomoção A Prefeitura investe para garantir a inclusão...

Aymoré e Arcor presenteiam a cidade

Comemorações O ano de 2024 é marcado por duas importantes...

Oncoclínicas inaugura unidade em Contagem

Considerado um dos maiores grupos de oncologia da América...
Ir para Criarteweb

Grande salto

Minas Gerais registrou em 2021 a maior participação no Produto Interno Bruto (PIB) nacional desde 2002. Segundo dados da Fundação João Pinheiro (FJP), o percentual de expansão da soma da riquezas produzidas no estado saltou de 8,3% naquele ano para 9,5% em 2021, um crescimento também em relação ao ano anterior (9%), quando teve início a pandemia no Brasil. Segundo especialistas, o desempenho positivo se deve à valorização de commodities no estado e à atração de novos investimentos.
De acordo com o especialista em políticas públicas de gestão governamental da FPJ, Thiago Rafael Corrêa de Almeida, em termos reais, a economia mineira cresceu 5,7% em 2021 e a do país 4,8%. “Esse crescimento real acima da média nacional ajudou Minas nessa participação. Houve uma recuperação no volume de produção em 2021, da extrativa mineral, construção civil, complexo metal-mecânico, além de expansão também no volume de serviços, que estava com demanda reprimida desde 2020”, explica.
Thiago Corrêa lembra que, além dos investimentos atraídos pelo Estado, o desempenho positivo da participação do PIB mineiro se deve ao avanço dos preços das commodities agrícolas, minerais e minério de ferro. “Todos esses segmentos tiveram avanços significativos de preços, o que contribuiu muito para ao ganho de participação do PIB de Minas”, salienta.

Avanço na economia mineira

Entre os principais motivos para o avanço da participação do PIB de Minas Gerais no contexto Brasil, houve destaque para a elevação dos preços dos bens e serviços finais produzidos no estado (18,8%), bem acima da verificada para a economia nacional (13,0%) no mesmo período.
A expansão do volume do PIB mineiro (5,7%) – que atingiu R$ 857,59 bilhões em 2021 – também contribuiu significativamente para o aumento da fatia do Estado no resultado econômico nacional, que cresceu 4,8%.
A alta nos preços internacionais do minério de ferro explica a aceleração nos valores dos bens e serviços na região. Vale lembrar que a indústria extrativa mineral do estado é bastante concentrada na extração e pelotização do insumo e a indústria nacional é menos especializada. O peso do setor no valor adicionado de Minas foi de 11,1% em 2021.
Outro fator decisivo para o ganho de representatividade do PIB de Minas Gerais no total nacional foi o “boom” ocorrido nos preços dos produtos agrícolas no mesmo período.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar