25.9 C
Contagem
domingo, maio 26, 2024
HomeCadernosEconomiaGuardar dinheiro

Guardar dinheiro

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1232 24 de Maio de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Obras na Avenida Maracanã

Uma obra estruturante As milhares de pessoas que passam todos...

Mais acessibilidade e inclusãox’

Facilidade de locomoção A Prefeitura investe para garantir a inclusão...

Aymoré e Arcor presenteiam a cidade

Comemorações O ano de 2024 é marcado por duas importantes...

Oncoclínicas inaugura unidade em Contagem

Considerado um dos maiores grupos de oncologia da América...
Ir para Criarteweb

Em 2020, 49% dos brasileiros estabeleceram “poupar dinheiro” como sua principal meta financeira. É o que aponta levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). É o segundo ano consecutivo em que guardar dinheiro aparece como prioridade.

“Mesmo com a melhora econômica de 2019, a população ainda está abalada pela crise dos anos anteriores. Por quase 10 anos, o reajuste dos salários e do imposto de renda não acompanharam a inflação. Além disso, há um medo generalizado de ficar sem emprego”, explica o coordenador do curso de Gestão Financeira do Centro Universitário Internacional Uninter, Daniel Cavagnari.

Segundo o professor, a sensação de perda de dinheiro por longos períodos é que motiva a população a poupar e a repensar o orçamento familiar. Em 2019, 78% dos consumidores já tinham realizado cortes de gastos, principalmente nas refeições fora de casa (46%).

Como poupar – Para aqueles que desejam terminar 2020 com mais dinheiro no bolso, a solução resume-se em três áreas: reduzir gastos, planejar-se financeiramente e investir a renda extra.

Para cortar gastos, o professor orienta a analisar o valor de cada produto. “Se você quer manter seu poder de compra, não pode permitir que o vendedor sobrevalorize o produto. Em outras palavras, se está caro, não compre”, defende.

Quanto ao planejamento, Cavagnari ressalta a importância de colocar no papel todas as rendas e gastos, sejam fixos ou variáveis. Para quem vive em família, o processo deve ser feito em conjunto. “Pode-se usar um bloco de papel ou, preferencialmente, em uma planilha eletrônica. Existem também aplicativos que auxiliam no planejamento”, diz. Com o dinheiro extra garantido, o professor recomenda analisar as opções de investimento: poupança, renda fixa, Tesouro Direto, fintechs e até mesmo ações. “Dinheiro parado na conta se desvaloriza com o tempo, além de nos tentar a gastar com futilidades. Para poupar efetivamente, é inevitável investir”, pontua.

Últimas Matérias

spot_img
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar