24.4 C
Contagem
quinta-feira, junho 13, 2024
HomeCadernosEconomiaFalta agilidade na concessão

Falta agilidade na concessão

Date:

Matérias Relacionadas

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...

O Impacto das eleições municipais nos serviços públicos

As eleições municipais, que elegem prefeitos, vice-prefeitos e vereadores,...
Ir para Criarteweb

Mais agilidade nos processos para abertura de novos negócios, “reivindicação antiga do setor empresarial do município”, segundo destacou o presidente José Agostinho da Silveira Neto, “começa a ser encaminhada”, anunciou Marius Fernando de Carvalho, procurador geral do município, durante reunião de trabalho da diretoria, no CIEMG.
São muitos os entraves burocráticos e a demora é de muitos meses até que seja aprovada a instalação de novos empreendimentos, lembrou o presidente, sobre a portaria 022 da Transcon, “agora revogado”, anunciou o procurador geral.
A portaria estabelecia, entre outras contrapartidas, o fornecimento de conjuntos de placas de sinalização viária e de logradouros públicos, como medidas mitigadoras e compensatórias para a aprovação de novos projetos.

Constituía mais uma barreira entre as diversas etapas para a abertura de novos empreendimentos e só ampliava os consequentes prejuízos econômicos e sociais, avaliou o diretor Cássio Braga.

A demanda é apenas uma parte de uma questão maior, atrelada a muitos outros entraves, que é

garantir agilidade para a liberação de alvarás para qualquer empreendimento, seja da indústria, comércio ou serviços, de qualquer porte, que pretenda se instalar no município, disse o presidente José Agostinho.

Contribuição – São muitos os órgãos e secretarias envolvidos no processo e “esse foi o primeiro passo para o decreto de unificação de todos os sistemas da administração municipal”, destacou o procurador Marius de Carvalho ao informar que

já está em fase de finalização um estudo para unificar normas e legislação.

Segundo relatou o procurador, a administração ainda não tem todos os sistemas interligados e que só a simplificação não resolverá a questão.

Mas, é preciso trabalho ainda muito maior, que envolve ainda o treinamento de pessoal que vai trabalhar com essas ferramentas, adiantou.

Ele avalia que essas questões serão resolvidas a partir da aprovação do Plano Diretor que vai possibilitar a criação de mecanismos para unificar e padronizar processos e facilitar a entrada de novos empreendimentos no município.
Marcos Botelho, gestor de controle da Secretaria Municipal de Meio Ambiente também participou dessa reunião de trabalho, quando destacou alguns dos desafios a serem vencidos pelo executivo. Ele lembrou que o município que é cortado por duas rodovias federais e abriga cinco distritos industriais e um desses desafios é

promover a integração das diversas regiões de Contagem, cada uma com particularidades especiais como é a área da Várzea das Flores.

Últimas Matérias

spot_img
Artigo Anterior
Próximo Artigo
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar