24.4 C
Contagem
quinta-feira, junho 13, 2024
HomeCadernosCulturaNinho da Coruja

Ninho da Coruja

Date:

Matérias Relacionadas

Anny Kalessa para o Gata Dmais – Por João Paulo Dias

Meu nome é Anny Kalessa (@annykalessa), tenho 22 anos,...

Edição 1233 14 de Junho de 2024

Edição Online da Edição 1232 do Jornal de Contagem Pop Notícias

Marcha para Jesus acontece neste sábado

Para fortalecer os laços de união, amor e de...

Não caia no golpe da falsa cobrança

Alerta importante A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria...

Mais duas trincheiras na br 381

Mais mobilidade Contagem recebeu mais uma importante notícia que vai...
Ir para Criarteweb

A exposição fotográfica “O ninho da coruja”, do artista Hugo Honorato, fica na galeria Centro Cultural (Rua Dr. Cassiano, 120, Centro) até o dia 31 de dezembro. A visitação é gratuita e aberta de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
As fotografias foram produzidas especialmente para o projeto artístico pedagógico homônimo e retratam intervenções performáticas no ambiente escolar, em referência à simbologia da coruja, que representa o conheci- mento. Usualmente a coruja está associada à sabedoria. Aparece como símbolo de aprendizado e leitura. O Ninho da coruja é o seu lugar de estar, seu refúgio, seu lar. A biblioteca então seria este ninho, espaço fértil onde habita o conhecimento.

Estranhos personagens – um homem com cabeça de coruja e outro com capacete e roupas igualmente estranhas, o Vladas – penetram no espaço físico e social das escolas, criando uma perturbação provocativa que conduz os estudantes a uma viagem fantástica, cujo destino é a biblioteca.

A força teatral e expressividade desses seres estranhos, desperta o interesse dos estudantes para um jogo interativo enigmático. Gradualmente os jovens se veem inseridos num roteiro de mistério no qual a biblioteca e a leitura se tornam protagonistas. A proposta é instigar os estudantes a lançarem um novo olhar para a biblioteca e a leitura.
As fotografias não são apenas um registro documental dos personagens em ação, mas um olhar estético, formal e conceitual que reforça seu caráter misterioso e instigante.

Ninho da Coruja – A mostra foi selecionada em edital da Fundação de Cultura de Contagem (fundac) para ocupar uma das galerias públicas do município, integrando a programação de dezembro do Projeto Tudoaver.

Em 2012 o Ninho da Coruja fez sua estreia na Escola Municipal Professor Lourenço de Oliveira, em BH. Em 2015 e 2016, contemplado pelo Edital do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (FMIC) de Contagem, da Fundac/Prefeitura de Contagem, o projeto foi realizado nas escolas municipais Dona Gabriela Leite Araújo e Professora Júlia Kubitschek de Oliveira, respectivamente, ambas no Industrial.

Banda Cordilheira – Na abertura oficial da mostra fotográfica, no dia 05 de dezembro,
houve a participação especial da Cordilheira, uma banda autoral de música instrumental que tempera a atitude inquieta do rock’n roll com a tradicionalidade dos ritmos brasileiros.

Serviço

Hugo Nonato:
99844-1046 / 99276-6181 – hghonorato@yahoo.com.br
Banda Cordilheira: (31) 3488-3462, cordilheira.contato@gmail.com /facebook.com/Cordilheira
Projeto Tudoaver: 3352-5347/ projetotudoaver@gmail.com

Últimas Matérias

spot_img
Artigo Anterior
Próximo Artigo
Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
JORNAL DE CONTAGEM
Olá
Podemos Ajudar