Revitalização dos distritos

0
1
"Promover a regularização e fomentar o ambiente de negócios é o objetivo dessa medida, especialmente para empresas em dificuldades" (Simone Silva)

Ações para a revitalização e estímulo à ocupação das áreas industriais do município foram o destaque da última reunião do Conselho Diretor do Centro Industrial de Contagem (Codir). Nessa reunião foi aprovada a sugestão do Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (Ciemg) para a criação de um comitê gestor “mas de forma condominial”, segundo explicou o diretor Cássio Braga, representante da entidade perante o órgão da administração municipal.

Aprovada pelo prefeito Alex de Freitas, a proposta inclui a possibilida- de de renúncia de parte do IPTU para um fundo condominial que, por sua vez, assumiria a administração de serviços nas áreas industriais.

No contexto desse projeto de revitalização, o Codir aprovou ainda a redução da taxa para a transferência de imóveis nas áreas industriais de 5% para 2%.

Promover e facilitar a regularização das áreas industriais e
fomentar o ambiente de negócios é o objetivo dessa medida, especialmente
para empresas em dificuldades, explicou Cássio Braga.

Para estimular o ambiente de negócios, foi aprovada até mesmo a isenção dessa taxa, como em caso de transferência de imóveis dentro do próprio grupo.
Segundo o diretor do Ciemg, merece destaque, entre outras decisões do conselho, a municipalização do Distrito Industrial Juventino Dias (DIJD).

Passamos agora para a etapa de elaboração dos protocolos entre Codemig e Prefeitura de Contagem para a transferência do DIJD, que integrará o primeiro distrito Industrial do país ao modelo de gestão dos demais em atividade.

Não haverá aporte de recursos da Codemig para a revitalização do DIJD que integra o diagnóstico realizado em parceria com o Sistema Fiemg/Instituto EuvaldoLodi, informou Cássio Braga. Ele destacou que “essa transferência foi discutida no contexto do projeto da gestão municipal para revitalização de todos os distritos industriais de Contagem”.
O diretor anunciou, ainda, que “será conduzido no âmbito do Ciemg, juntamente com o Cinco, as diversas etapas para a realização do intercâmbio com empresários portugueses que visitarão Contagem em março de 2018”. Ele disse que a comitiva quer, além de prospectar e investir em novos negócios aqui, também promover a entrada de indústrias mineiras no mercado europeu, tendo Portugal como via porta de entrada.

SEM COMENTÁRIOS