Eletrificação rural

0
4
Pimentel visitou a família de Antônio Quintilho, quando o padrão de energia foi acionado pela primeira vez na residência (Manoel Marques/imprensa-MG)

O consumidor de número 40 mil beneficiado pelo Programa de Eletrificação Rural da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) é Antônio Quintilho de Siqueira, morador do distrito de São Norberto, no município de Engenheiro Navarro. Para registrar essa marca, o governador Fernando Pimentel visitou a família, quando o padrão de energia foi acionado pela primeira vez na residência, no último dia 21. A meta é que até o final de 2018 o número de famílias atendidas pela Cemig e Governo de Estado, por meio desse programa, chegue a 50 mil.

Atingimos 40 mil ligações de luz elétrica para famílias em comunidades rurais em Minas Gerais. Estamos cumprindo uma meta que a gente colocou no início do governo, de todo mineiro e mineira ter luz elétrica na sua casa. São comunidades às vezes distantes dos centros urbanos, mas que precisam da energia. A Cemig colocou 12 mil quilômetros de linhas de transmissão e já é a empresa que tem a maior quantidade de linhas de transmissão da América Latina. São 500 mil quilômetros. Isso tudo para atender famílias como essa, disse o governador pouco depois de conhecer a casa de Antônio Quintilho, que viu as lâmpadas acesas em casa pela primeira vez.

Nós estamos recuperando em toda Minas a ligação das instalações rurais que ficaram sem energia durante anos. Nesta gestão, vamos corrigir esse déficit na área rural, e que a gente faça todas as ligações necessárias no Estado, afirmou o presidente da Cemig, Bernardo Salomão Alvarenga.

Para o presidente da Cemig, Bernardo Salomão Alvarenga, a instalação de energia elétrica como a que ocorreu na casa do sr. Antônio é prioridade – e a meta é que, no próximo ano, todos os que ainda não contam com energia elétrica em suas moradias sejam beneficiados com o serviço.

Programa – O Programa de Eletrificação Rural beneficiará em 2018 cerca de 200 mil pessoas de todos os 774 municípios da área de atuação da Cemig, sem que as pessoas precisem realizar qualquer pagamento na implantação do serviço. Os moradores que são contemplados pelos programas do governo federal, recebem, gratuitamente, um kit básico para instalação interna, que contém um padrão de entrada, um ramal de conexão, três lâmpadas fluorescentes e duas tomadas. Os investimentos do programa serão da ordem de R$ 800 milhões.

Milhares de mineiros passarão a usufruir dos benefícios da energia elétrica,
como a conservação de alimentos e vacinas, o bombeamento de água para consumo
próprio e irrigação de cultura de subsistência, dentre outras atividades.

O programa já é o maior da América do Sul, com 500 mil quilômetros de extensão, contou com investimentos de cerca de R$ 478,7 milhões, entre os anos de 2015 e 2017, resultando em 41.090 beneficiários. Mais informações no site www.cemig.com.br/ eletrificacaorural.

SEM COMENTÁRIOS