Crianças com Diabetes

0
1
(Reprodução/Intenet)

A insulina análoga, um dos mais modernos medicamentos para o tratamento da Diabetes, estará à disposição no Sistema único de Saúde (SUS) para crianças portadoras de diabetes tipo 1. O Ministério da Saúde anunciou recentemente que irá investir R$ 135 milhões, por ano, na compra do novo insumo. A expectativa é que o medicamento esteja disponível já em 2018. A nova aquisição será uma importante ferramenta na melhora da qualidade de vida de 100 mil crianças com maior dificuldade de controle da doença.

Estudos apontaram que insulina análoga proporciona um melhor controle glicêmico nos sintomas relacionados à hiperglicemia e diminuição das complicações agudas e crônicas decorrentes do diabetes. O produto é de fácil aplicação, sua embalagem é uma caneta, resposta rápida e com doses que podem ser adaptadas a situação do paciente.

O novo tratamento será ofertado, prioritariamente, às crianças e adolescentes, já que o diabetes tipo 1 apresenta o seu pico entre 10 a 14 anos. A demanda representa 10% do total de crianças com diabetes no país, que são 1 milhão. No entanto, pacientes adultos, com este tipo da doença, também poderão ter acesso ao medicamento, desde que tenham indicação médica.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, 440 mil crianças desenvolvem a doença,
por ano, no mundo. Dados do Ministério da Saúde apontaram que, em média,
são cerca de 60 mortes de crianças por ano por diabetes e 8.000 internações.

SEM COMENTÁRIOS