Contagense lança livro

0
1
Amador Madalena Maia valoriza a mulher em sua obra (Fotos: Divulgação)

O escritor contagense Amador Madalena Maia lançou, no último dia 20, na Associação de Deficientes de Contagem, o livro “Poesias Polêmicas para a valorização das mulheres e da família – Poesias contra o assédio e o feminicídio”, publicado pela editora Emfoco, patrocinado pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura de Contagem (FMIC).
Na infância Amador viu a mãe ser vítima de violência doméstica. Com cinco anos, após o pai falecer e a mãe ficar doente, foi separado dos irmãos e passou a morar em várias casas e a observar que a violência contra a mulher existia nos variados lugares por onde morou. Ele conta que pensou que este tipo de violência fosse diminuir com o passar dos anos, mas isto não aconteceu.
Através do livro, ele pretende incluir os homens e a literatura na luta contra esse tipo de violência, como forma de auxiliar as leis e ações já existentes.
Hoje morador do bairro Três Barras, no centro de Contagem, com a esposa e as duas filhas, Maia é carteiro, escritor e poeta. Também é autor do livro “A pedagogia da invenção e os ambientes de inovação”, resultado de uma pesquisa empírica feita pelo autor na região sudeste do nosso país onde ele, através da participação em feiras de invenções, entrevistas de televisão e revistas, analisou quais instituições do nosso país podem realmente apoiar os inventores, escritores e empreendedores na concretização dos seus objetivos e quais apenas fazem promessas.

Amador Madalena têm poesias publicadas no XI e XII Prêmio Valdeck Almeida de Jesus
e na Coletânea em Prosa & verso, volume X, da Academia de Letras do Brasil.

SEM COMENTÁRIOS