Ampliação do metrô

0
0
Para chegar até o limite com Betim, o metrô, que hoje percorre 28 quilômetros, teria que ter mais três estações e custaria cerca de R$ 700 milhões (Divulgação/face CBTU Belo Horizonte)

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anuncia aos contagenses na segunda-feira (30) a ampliação do metrô na cidade. Foi o que assegurou o prefeito Alex de Freitas na Aula Magna proferida por ele na Universidade Paris-Sorbonne na França, na segunda-feira (23), oportunidade em que recebeu Menção Honrosa daquela re- nomada universidade.

Vamos anunciar a ampliação de mais uma estação (do metrô). A primeira de duas que esperamos tirar do papel. O metrô beneficia os mais carentes. Transporte limpo, confortável e rápido. É menos tempo no trânsito e mais momentos com a família e os amigos. Não se assustem com o tamanho do otimismo com mais uma linha de metrô. Por tudo que acontece no Brasil, essa linha, que vai chegar até o Eldorado, nosso principal centro comercial, é um avanço histórico, disse.

Técnicos da Prefeitura de Contagem mostraram que para a linha 1 do metrô chegar até o limite com Betim, são necessárias três estações ao custo aproximado de R$ 700 milhões. Se o impasse continuar, a Prefeitura disse que vai entrar com recursos próprios e dinheiro de financiamento para fazer uma das três estações. Neste caso, o metrô avançaria 1,5 quilômetro e chegaria até o Novo Eldorado.

A previsão é de que a licitação esteja pronta até o mês de março de 2018 e que a obra comece em maio. A duração do trabalho seria de um ano e meio. Para garantir a operacionalização da nova estação, a prefeitura também terá que fazer um convênio com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Alex de Freitas: “o metrô beneficia os mais carentes. Transporte limpo, confortável e rápido” (Divulgação/PMC)

A prefeitura naturalmente não tem esse dinheiro todo em caixa,
mas nós temos a capacidade de endividamento, nossas receitas próprias,
ativos imobiliários, disse Alex de Freitas.

O projeto do prefeito prevê também a construção de dois terminais de integração, um urbano e outro rodoviário. Porém, o dinheiro que a prefeitura disse que pode conseguir é só para o metrô.
Segundo a Secretaria de Estado de Obras, a discussão sobre os recursos financeiros para o metro deve entrar na pauta da próxima reunião da empresa Metrominas, companhia responsável pelo transporte sobre trilhos. O Ministério das Cidades informou que a ampliação do metrô até a estação Novo Eldorado, está em fase de elaboração de projetos e que a previsão é que eles sejam concluídos até 2018.

SEM COMENTÁRIOS