Contadores de história visitam escolas

0
1
Os estudantes assistiram as apresentações dos contadores de história no Teatro Casa Azul (Foto: Ricardo Lima)

Contadores de Histórias se apresentaram para estudantes da rede pública municipal, no Teatro Casa Azul, no Centro Cultural, na terça-feira (29). O projeto integra as ações da Secretaria Municipal de Educação de Contagem (Seduc), como ferramenta de ampliação e incentivo à leitura.
De acordo com o coordenador do grupo, Walter Samarini, “o objetivo é aproximar os estudantes da literatura por meio de apresentações interativas dentro das escolas e espaços públicos da cidade”.
Canções do folclore brasileiro, trava línguas, adivinhações, entre outras atividades lúdicas, fazem parte do repertório apresentado pelo grupo. Creuza Almeida, bibliotecária aposentada e homenageada pelo grupo de atores, acompanhou uma das apresentações.

“Cada canção que ouço nas vozes das crianças, me traz a sensação de dever cumprido”, diz a servidora, que iniciou suas atividades na própria biblioteca municipal.

Cerca de 130 alunos, professores e diretores da Escola Doutor Sabino Barroso assistiram ao evento. A vice-diretora, Iara de Queiróz, afirmou que o projeto é ideal para o incentivo à leitura.

“A contação de histórias é a melhor ferramenta para aproximar as crianças da leitura.
E o convite para esta apresentação veio de encontro ao trabalho que estamos desenvolvendo com nossos alunos atualmente”.

Humberto, de 8 anos, era um dos alunos mais animados durante a apresentação. Com as letras das músicas decoradas, ele também foi o “craque” nas adivinhações. E ainda ponderou: “Faltou a música da mula sem cabeça”.
O projeto Contadores de Histórias celebrou os 65 anos de fundação da Biblioteca Pública Municipal Doutor Edson Diniz, atualmente funcionando no Centro Cultural – Casa Rosa. O grupo se apresenta gratuitamente nas escolas, de acordo com programação e agenda.

SEM COMENTÁRIOS