Higiene das mãos

0
15
O robô Ozires sensibilizou pacientes, interagiu com as pessoas e despertou a curiosidade das crianças (Adelcio R. Barbosa )

O Hospital Municipal de Contagem e o Centro Materno-Infantil Juventina Paula de Jesus receberam neste mês de maio um importante aliado para incentivar à correta higienização das mãos: o Robô Humanoide Ozires, um simpático androide de 1,22 metros de altura, desenvolvido por meio de um projeto de pesquisa de alunos de uma faculdade mineira que vem sendo usado estrategicamente.

Durante a visita, Ozires interagiu com os profissionais de saúde e com os pacientes, dançou tango e hip hop, tocou músicas como a Marcha Imperial (tema da série Star Wars) e fez projeções com o objetivo de incentivar a adesão dos trabalhadores de saúde à correta lavagem das mãos.

Adelcio R. Barbosa

O robô percorreu os corredores acompanhado do infectologista e coordenador do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Complexo Hospitalar de Contagem, Marcelo Silva de Oliveira. Também estava de mãos dadas com o professor de bioinformática e pesquisador Braulio Couto, um dos orientadores do projeto de pesquisa que deu origem ao androide.
Houve quem ficasse desconfiado, mas todos se surpreenderam com a inusitada visita. Afinal, robôs sempre instigaram a imaginação das pessoas. Muitos aproveitaram para fazer vídeos e tirar fotos.

Em maio há duas datas que remetem ao tema. São celebrados neste mês o
Dia Mundial de Higiene das Mãos (5) e o Dia de Combate à Infecção Hospitalar (15).

As infecções hospitalares representam importante problema de saúde pública mundial, causando aumento na morbidade, na mortalidade e no tempo de internação dos pacientes.

SEM COMENTÁRIOS