“Torcida Mais Solidária”

0
14
A intenção é que sejam atendidas 500 pessoas de imediato, reduzindo em 50% a fila de espera (Divulgação)

A ONG Associação Feminina de Assistência Social (AFAS) está coordenando uma campanha para aumentar os atendimentos e reduzir o tempo de espera para que portadores de necessidades especiais possam ter acesso à equoterapia, técnica de reabilitação com uso de cavalos.
O serviço é gratuito e realizado no Centro de Equoterapia da Polícia Militar, no bairro Prado, em Belo Horizonte, e atende a 120 portadores de necessidades especiais, a grande maioria crianças até 12 anos, vindos de famílias que não têm como pagar pelo tratamento. Hoje, 920 pacientes aguardam a vez para atendimento.
A campanha “Torcida Mais Solidária de Minas” quer arrecadar R$ 300 mil para a construção de uma cobertura da área de treinamento e, assim, ampliar o horário de atendimento que poderá ser feito durante todo o dia, mesmo com chuva. A intenção é de que sejam atendidas 500 pessoas de imediato, reduzindo em 50% a fila de espera.
A cada R$ 6, o doador concorre a uma camisa au
tografada do América, Atlético ou Cruzeiro e o time que bater a meta ganha o título de “Torcida Mais Solidária”. A campanha vai até 10 de junho.

Saúde – Método terapêutico que utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar,
a equoterapia abrange as áreas da educação, saúde e equitação.
Para concorrer basta acessar: www.afas.org.br.

 

SEM COMENTÁRIOS