Pronatec capacita presos

0
18

O Governo de Minas Gerais iniciou em fevereiro, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), os cursos de Assistente Administrativo e Programador de Web para 198 detentos de unidades prisionais da Região Metropolitana de Belo Horizonte. As capacitações são realizadas em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes).
Os cursos serão realizados nas escolas do Complexo Penitenciário Nelson Hungria (Contagem), do Presídio Feminino José Abranches e do Presídio Antônio Dutra Ladeira (ambos em Ribeirão das Neves), do Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto (BH) e nas três unidades do Complexo Penitenciário Público Privado (Ribeirão das Neves).
As aulas vão acontecer nos turnos da manhã e da tarde, com quatro horas de duração, quatro vezes por semana e durante três meses. Os professores foram escolhidos pela Sedectes em um processo seletivo realizado no ano passado.

Cursos – Para o curso de Assistente Administrativo, o candidato precisa ter ensino fundamental completo. Os presos vão aprender a executar processos administrativos, atividades de apoio em recursos humanos, finanças, produção, logística e vendas. Além disso, vão atender fornecedores e clientes e também fornecer e receber informações sobre produtos e serviços.

Para participar do curso de Programador Web, os presos precisam ter ensino fundamental completo e conhecimento em informática. Eles terão oportunidade de desenvolver e manter projetos para a web; utilizar linguagens de programação, banco de dados e recursos para a segurança da informação. E também irão trabalhar com recursos de imagens, vídeos, animações, linguagens de marcação e folha de estilo para desenvolvimento web.

SEM COMENTÁRIOS